Banca & Finanças Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos

Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos

O Novo Banco tem uma "almofada de capital de 1.000 a 1.200 milhões" para absorver perdas com activos problemáticas, revelou o ministro das Finanças. "Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção" do Fundo de Resolução na instituição, garantiu.
Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 12 de abril de 2017 às 11:42

O Novo Banco tem uma "almofada de capital de 1.000 a 1.200 milhões" de euros para absorver perdas com activos problemáticas, revelou o ministro das Finanças na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças. "Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção" do Fundo de Resolução na instituição, garantiu Mário Centeno.

 

Em resposta às questões da deputada do Bloco de Esquerda,Mariana Mortágua, o ministro fez questão de sublinhar que o acordo de venda do Novo Banco à Lone Star não inclui nenhuma garantia por parte do Estado. "Não é garantia porque não há euro de injecção [de capital] por um euro de perda" nos activos", justificou.

 

Centeno sublinhou que o mecanismo de capital contingente que prevê que o Fundo de Resolução possa ter de injectar um máximo de 3.890 milhões no Novo Banco ao longo dos próximos oito anos foi concebido de forma a "mitigar os riscos" associados aos activos problemáticos. Mas repetiu que não está em causa uma garantia, posição que Mariana Mortágua não tomou como válida.

 

O Novo Banco tem uma "almofada de capital entre 1.000 e 1.200 milhões de euros. Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção de capital do Fundo de Resolução. A expectativa que existe é que após a injecção de capital da Lone Star [num total de 1.000 milhões] e o processo de transformação da dívida dos obrigacionistas [que deve gerar 500 milhões de solidez], esta almofada proteja o Fundo de Resolução nos primeiros anos. (…) As primeiras perdas não são assumidas pelo Fundo de Resolução", frisou.


Por outro lado, Centeno defendeu que é expectável que "a actividade corrente liberte fundos para o reforço desta almofada", já que a Lone Star não poderá receber dividendos durante oito anos.


(Notícia actualizada às 12:15)



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas


PS rouba 258 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais" (investidores do BES).

MANDEM A CONTA AOS CHULOS QUE VOTARAM NO PS.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas


Perguntem ao Vara, ao Sócrates, ao Costa e ao PS.

Eles sabem onde estão os 5.000 milhões de €… que roubaram na Caixa Geral de Depósitos!

Anónimo Há 2 semanas


IGUALDADE PARA TODOS

Os cortes nas PENSÕES ATUAIS devem, obrigatoriamente, ser IGUAIS aos cortes nas PENSÕES FUTURAS!

Anónimo Há 2 semanas


Perguntem ao armando vara, ao sócrates e ao PS.

Eles sabem onde está o dinheiro que roubaram na Caixa!

Anónimo Há 2 semanas


PS rouba 258 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais" (investidores do BES).

MANDEM A CONTA AOS CHULOS QUE VOTARAM NO PS.

pub
pub
pub
pub