Banca & Finanças Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos

Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos

O Novo Banco tem uma "almofada de capital de 1.000 a 1.200 milhões" para absorver perdas com activos problemáticas, revelou o ministro das Finanças. "Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção" do Fundo de Resolução na instituição, garantiu.
Centeno: Novo Banco tem uma "almofada de 1.000 a 1.200 milhões" para activos problemáticos
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 12 de abril de 2017 às 11:42

O Novo Banco tem uma "almofada de capital de 1.000 a 1.200 milhões" de euros para absorver perdas com activos problemáticas, revelou o ministro das Finanças na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças. "Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção" do Fundo de Resolução na instituição, garantiu Mário Centeno.

 

Em resposta às questões da deputada do Bloco de Esquerda,Mariana Mortágua, o ministro fez questão de sublinhar que o acordo de venda do Novo Banco à Lone Star não inclui nenhuma garantia por parte do Estado. "Não é garantia porque não há euro de injecção [de capital] por um euro de perda" nos activos", justificou.

 

Centeno sublinhou que o mecanismo de capital contingente que prevê que o Fundo de Resolução possa ter de injectar um máximo de 3.890 milhões no Novo Banco ao longo dos próximos oito anos foi concebido de forma a "mitigar os riscos" associados aos activos problemáticos. Mas repetiu que não está em causa uma garantia, posição que Mariana Mortágua não tomou como válida.

 

O Novo Banco tem uma "almofada de capital entre 1.000 e 1.200 milhões de euros. Enquanto não houver perdas desta dimensão, não haverá injecção de capital do Fundo de Resolução. A expectativa que existe é que após a injecção de capital da Lone Star [num total de 1.000 milhões] e o processo de transformação da dívida dos obrigacionistas [que deve gerar 500 milhões de solidez], esta almofada proteja o Fundo de Resolução nos primeiros anos. (…) As primeiras perdas não são assumidas pelo Fundo de Resolução", frisou.


Por outro lado, Centeno defendeu que é expectável que "a actividade corrente liberte fundos para o reforço desta almofada", já que a Lone Star não poderá receber dividendos durante oito anos.


(Notícia actualizada às 12:15)



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 12.04.2017


PS rouba 258 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais" (investidores do BES).

MANDEM A CONTA AOS CHULOS QUE VOTARAM NO PS.

comentários mais recentes
Anónimo 12.04.2017


Perguntem ao Vara, ao Sócrates, ao Costa e ao PS.

Eles sabem onde estão os 5.000 milhões de €… que roubaram na Caixa Geral de Depósitos!

Anónimo 12.04.2017


IGUALDADE PARA TODOS

Os cortes nas PENSÕES ATUAIS devem, obrigatoriamente, ser IGUAIS aos cortes nas PENSÕES FUTURAS!

Anónimo 12.04.2017


Perguntem ao armando vara, ao sócrates e ao PS.

Eles sabem onde está o dinheiro que roubaram na Caixa!

Anónimo 12.04.2017


PS rouba 258 milhões de €, aos trabalhadores e pensionistas... para dar a alguns amigos "especiais" (investidores do BES).

MANDEM A CONTA AOS CHULOS QUE VOTARAM NO PS.

pub
pub
pub
pub