Indústria Central de Cervejas reforça portefólio com nova sidra

Central de Cervejas reforça portefólio com nova sidra

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, dona da Sagres e Luso, reforçou a sua oferta de sidras, onde já está presente com a Strongbow, do accionista Heineken.
Central de Cervejas reforça portefólio com nova sidra
Isabel Aveiro 15 de janeiro de 2017 às 13:00

A nova marca de sidra, designada "Bandida do pomar", cuja comunicação já arrancou, "está a ser concebida desde o início de 2016", adianta Nuno Pinto de Magalhães.

O director de comunicação e de relações institucionais da SCC, que não revela o valor do investimento inicial neste novo produto, adianta que "a campanha de comunicação, que já está no ar, nesta fase inicial contará com investimento apenas digital".

A "Bandida do pomar" é enchida "na fábrica [da SCC] em Vialonga". Não vai, contudo, recorrer a matéria-prima nacional, porque, segundo o director de comunicação da SCC, "infelizmente, o tipo de maçãs utilizadas na produção de sidra não existem no território nacional, devido ao clima".

O novo produto será distribuído via Horeca (em hotéis, restaurantes e cafés) "porque, através do canal Horeca, conseguimos focar melhor esta nossa marca no ‘target’ que pretendemos alcançar", diz. E, "por enquanto", apenas "para o mercado nacional".

Questionado sobre o facto de no portefólio da SCC em Portugal já constar uma sidra – a Strongbow, da Heineken, accionista única da SCC – Pinto Magalhães justifica: "a categoria das sidras tem crescido de forma tão significativa que é natural aparecerem novas marcas! A Strongbow, que é uma marca internacional e líder mundial da categoria, encontra-se disponível no mercado, quer na grande distribuição, quer no Horeca".

Já a "Bandida do pomar", "a sidra com um nome português", como a define a SCC, "estará só no Horeca, e ambas com um posicionamento diferenciado em termos de comunicação", acrescenta Pinto Magalhães.


A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Ana Fernandes 16.01.2017

Esta é a cara da nova sidra?

Anónimo 15.01.2017

Sidra com maçã importada....!!!?? Na não temos cá maçãs? Então não bebam era sidra pois é uma merd@#€ importada. Mete na boca apenas produtos nacionais....

José Oliveira 15.01.2017

Um sucesso garantido para o verão 2017

pub
pub
pub
pub