Transportes Centros de inspecção de veículos na mira do regulador em 2018

Centros de inspecção de veículos na mira do regulador em 2018

A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) garante que para 2018 vai estar atenta e analisar o sector dos centros de inspecção de veículos.
A carregar o vídeo ...
Alexandra Machado Rosário Lira 10 de dezembro de 2017 às 12:00
A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) já definiu um sector como prioritário em 2018: o dos centros de inspecções de veículos.

"É também um sector que descurámos, que são os centros de inspecção de veículos, que ainda não entrámos nele", assegurou João Carvalho, em entrevista ao Negócios e Antena 1, no Conversa Capital, que é transmitido no domingo na Antena 1 e publicado no Negócios na segunda-feira.

João Carvalho, que quando esteve no IMT admite que foi dos sectores mais complicados, diz que vai fiscalizar e supervisionar. "Eu tive dois anos no IMT, foi a área mais complicada que eu tive", admite. 

"É um sector que nós ainda não entrámos nele. Essencialmente por isso. Provavelmente está tudo bem. É um sector que também está restringido, tem limites de existência de mais centros, é um sector que está contingentado, mas é um sector que queremos ver como estão os aspectos de concorrência".

Além deste sector, a AMT quer prosseguir, também, nas propostas para uma definição tarifária nos transportes que João Carvalho considera ser mais científica.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Ciifrão Há 1 semana

A única coisa útil que podiam com esta tralha dos centros de inspeção era acabar com eles. A segurança que dizem acrescentar aos veículos não passa de fantasia, quando vejo acidentes os veículos envolvidos não apresentam tipologia alguma. Há acidentes com carros de todas as idades e com os mais diversos estados de conservação.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Existem verdadeiros abusos em alguns Centros de Inspeção de Automóveis. Alguns chamados inspectores parecem polícias. As viaturas além dos 8 anos, de dois em dois anos é o suficiente, visto eles não fazerem nada de bom nos veículos. Ir com um veículo a um Centro de Inspeção, é uma dor de cabeça.

Anónimo Há 1 semana

"Eu tive dois anos no IMT, foi a área mais complicada que eu tive"...

Podemos daqui concluir que o senhor possuiu durante 2 anos o IMT e que foi a coisa mais complicada de possuir...

Agora a grande questão é: for erro do jornaleiro ou do politiqueiro?

Observador Há 1 semana

VAI HAVER AUMENTOS ......

Ciifrão Há 1 semana

A única coisa útil que podiam com esta tralha dos centros de inspeção era acabar com eles. A segurança que dizem acrescentar aos veículos não passa de fantasia, quando vejo acidentes os veículos envolvidos não apresentam tipologia alguma. Há acidentes com carros de todas as idades e com os mais diversos estados de conservação.

ver mais comentários
pub