Banca & Finanças CGD desmente reabertura do balcão em Almeida

CGD desmente reabertura do balcão em Almeida

Fonte oficial da Caixa nega que acordo com a autarquia de Almeida implique a reabertura do balcão em Almeida.
CGD desmente reabertura do balcão em Almeida

O balcão de Almeida da Caixa Geral de Depósitos (CGD) não vai reabrir, garantiu fonte oficial do banco público ao Negócios. Esta declaração contraria a informação avançada pela SIC no início desta tarde, onde o autarca dava conta a reabertura da agência.  

"A CGD esteve, desde o início, disponível para encontrar soluções que pudessem assegurar diversos serviços da Caixa em Almeida. O acordo alcançado entre a Caixa Geral de Depósitos e a Câmara Municipal de Almeida vai exactamente nesse sentido. Este acordo contudo não implica a reabertura da agência de Almeida, que foi definitivamente encerrada."

A informação avançada pela SIC dava conta de um acordo assinado a 23 de Agosto e continha declarações do presidente da câmara da Almeida sobre o assunto. 

Segundo a estação de televisão, este balcão reabre já no mês que vem, assegurando vários serviços, entre eles depósitos.

"
Pedimos a celeridade máxima" para a reabertura, diz o presidente da autarquia António Batista Ribeiro, que explica que foi sugerida a carrinha da Caixa, mas que a autarquia não queria que esta carrinha servisse para substituir o balcão. 

Os funcionários regressam ao mesmo sítio, avançava a mesma notícia. 

 

O presidente da autarquia explicou que "houve que negociar" e que "não foi fácil". 






A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
EUROPEU Há 3 semanas

Publica para quê? Para dar tachos e possibilitar jogadas?

Anónimo Há 3 semanas

A CGD vai ser sustentável ou é mais um poço sem fundo, a consumir os recursos financeiros do orçamento do Estado?Se a CGD tem orçamento para pagar 5500 Euros a um qualquer tipo para participar em reunião porque precisa de aumentar as comissões a pessoas que tem contas de valor muito baixo?

pub