Desporto Chelsea paga 67 milhões à Adidas e 8 milhões ao Mourinho para pôr fim a contratos

Chelsea paga 67 milhões à Adidas e 8 milhões ao Mourinho para pôr fim a contratos

O clube britânico quer assinar um novo contrato mais atractivo com a Nike. Mas antes teve de pagar à Adidas para pôr fim ao acordo vigente. Já Mourinho e a sua equipa técnica receberam mais de oito milhões.
Chelsea paga 67 milhões à Adidas e 8 milhões ao Mourinho para pôr fim a contratos
Reuters
Negócios 13 de janeiro de 2017 às 19:10

O Chelsea pagou 67 milhões de libras (77 milhões de euros) para pôr fim ao contrato, que só terminaria em 2023, com a Adidas, revelam os resultados apresentados esta sexta-feira, 13 de Janeiro, citados pela imprensa internacional.

 

Esta decisão foi tomada para que o Chelsea pudesse assinar um outro contrato com a Nike, que vale 60 milhões de libras por ano. O contrato com a Adidas estava avaliado em 30 milhões de libras por ano.

 

O clube do milionário Roman Abramovich pagou também 8,3 milhões de libras para pôr fim aos contratos do treinador português José Mourinho e a sua equipa técnica.


Estes custos extraordinários levaram a que o clube inglês fechasse o ano com um prejuízo de 70,6 milhões de libras, adianta a Bloomberg.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 14.01.2017

Fui para a cama com isto no pensamento e acordei com 1 ideia:vou no futuro andar so de sendalias.Nao conheco nunhum desporto asendalizado.Fazerem-se de grandes a custa da genaralidade e facil.O mal maoir ainda esta para vir:provavelmente o Trump vai obrigar a nike regressar a casa e ai os precos....

Anónimo 13.01.2017

Desgracadamente eu inocente tenho de contribuir para este descalabro:se nao compro calcado asapatilhado as meninas nao olham para os meus pes,se nao compro um bone da marca as meninas nao olham para os meus olhos,vicioso jogo.Todo isto aqui mencionadas na clandestinidade a policia cai em cima,aparte

pub