Chineses vão instalar bancos em Portugal
22 Dezembro 2011, 15:00 por Celso Filipe | cfilipe@negocios.pt, Miguel Prado | miguelprado@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
Vitória da Three Gorges na privatização da EDP deverá levar o Governo chinês a dar o seu aval a múltiplos financiamentos à economia portuguesa e à entrada de vários bancos em Portugal.
A vitória da China Three Gorges na privatização da EDP, que irá ser anunciada esta tarde pelo Governo, vai abrir a porta à entrada de várias instituições financeiras chinesas em Portugal, segundo a promessa feita pela companhia asiática ao Estado português.

Recorde-se que a China Three Gorges não só quer fazer a ponte para que a EDP se possa vir a financiar em mercados como o de Hong Kong, como também assegurou haver vontade do Governo chinês de trazer alguns dos seus bancos para Portugal e aumentar o crédito à economia portuguesa.


Um responsável do China Development Bank, que está a apoiar a China Three Gorges na corrida pela EDP, chegou a revelar ao Negócios que o banco está disponível para financiar até 7,5 mil milhões de euros a Portugal, entre investimentos em empresas, empréstimos e crédito a pequenas e médias empresas.


Outro dos pontos fortes da proposta chinesa por 21,35% da EDP é que a vitória da Three Gorges facilitaria que os bancos chineses venham a participar no esforço de melhoria da liquidez das instituições financeiras portuguesas.
Na sua oferta ao Estado português, a China Three Gorges foi assessorada pelo BES Investimento, com quem o China Development Bank já firmou um acordo de financiamento este ano.
Enviar por email
Reportar erro
0