Empresas Cláudia Azevedo vai ser a próxima CEO da Sonae

Cláudia Azevedo vai ser a próxima CEO da Sonae

A Sonae vai mudar a sua estrutura organizativa. Cláudia Azevedo vai ser nomeada presidente executiva da empresa, enquanto Paulo Azevedo e Ângelo Paupério passam a ser não executivos.
Alexandra Machado 17 de julho de 2018 às 18:10
A principal accionista da Sonae, a Efanor, vai propôr a mudança na presidência executiva da empresa. Cláudia Azevedo vai assumir a presidência executiva, actualmente partilhada por Ângelo Paupério e Paulo Azevedo.

Os dois co-CEO vão passar a ter funções não executivas.

Em comunicado, é divulgada esta pretensão da Efanor. Concretizar-se-á "após cumprimento das formalidades legais", que vai ainda aumentar o número de administradores não executivos para acomodar a entrada, nesse lote, de Ângelo Paupério e de Carlos Moreira da Silva.

Em comunicado a Efanor explica que tanto Paulo Azevedo como Ângelo Paupério pediram para deixarem de exercer funções executivas. E, nesse âmbito, será proposto a eleição para a presidência executiva da filha de Belmiro de Azevedo - Cláudia Azevedo, que estava na liderança da Sonae Capital, cargo ao qual já renunciou.

Cláudia Azevedo "tem a confiança de ter nos valores Sonae a determinação e optimismo necessários para enfrentar os desafios que seguramente surgirão" Próxima CEO da SOnae
De acordo com a Sonae, os dois Co-Ceo tinham manifestado essa intenção no início do actual mandato. O processo de sucessão foi desencadeado. A presidência executiva da Sonae foi entregue a Paulo Azevedo por Belmiro de Azevedo em 2007. Em 2015 Paulo Azevedo passou a partilhar a presidência executiva com Paupério. Agora passará à irmã o testemunho.

"Esta escolha recebeu da Efanor total concordância, uma vez que se adequa de modo particular ao perfil mais recentemente assumido pelo grupo, culminando uma carreira que, nos últimos anos, se especializou na gestão de portefólios diversificados e na internacionalização dos negócios de participadas".

O mandato actual na Sonae termina no final deste ano. Não é revelado no comunicado se Cláudia Azevedo assumirá já o lugar na administração da Sonae. 

Numa declaração escrita ao Negócios, Cláudia Azevedo realça "o voto de confiança manifestado pelo Conselho de Administração da Sonae e pelo Conselho de Administração da Efanor na proposta da minha eleição para CEO da Sonae para o mandato a iniciar em 2019".

Aceitou o desafio "com a convicção de quem olha para o futuro e tem a confiança de ter nos valores Sonae a determinação e optimismo necessários para enfrentar os desafios que seguramente surgirão". 


Na Sonae Capital assumirá a liderança executiva Miguel Gil Mata.

Cláudia Azevedo vai substituir o seu irmão no início de 2019
Cláudia Azevedo vai substituir o seu irmão no início de 2019
Ricardo Castelo

(notícia actualizada com mais informações)



pub