Energia Combustíveis sobem pela quarta semana consecutiva

Combustíveis sobem pela quarta semana consecutiva

Os combustíveis deverão voltar a aumentar a partir de segunda-feira. Será a quarta semana consecutiva e reflecte, essencialmente, a queda do euro contra o dólar.
Combustíveis sobem pela quarta semana consecutiva
Bloomberg
Sara Antunes 16 de Dezembro de 2016 às 12:18

Abastecer o depósito de um veículo vai ficar mais caro, cerca de 1,5 cêntimos por litro de gasolina simples de 95 octanas. Já no gasóleo simples o aumento deverá ser de dois cêntimos.

 

Este aumento será o quarto consecutivo, numa semana em que os derivados do petróleo aumentaram. Ainda assim, o aumento será mais pronunciado devido à queda do euro contra o dólar. Isto porque estas matérias-primas negoceiam em dólares, pelo que a queda do euro acentua a tendência.

 

O euro foi fortemente afectado pela Reserva Federal (Fed) dos EUA, que além de ter anunciado um aumento de juros de 25 pontos base, revelou a sua previsão sobre futuras subidas, apontando para a possibilidade de três aumentos em 2017. A moeda europeia atingiu na quinta-feira um mínimo de quase 14 anos, abaixo de 1,04 dólares.

Os preços dos combustíveis na bomba estão a subir de forma consistente ao longo do ano, ainda que tenham registado períodos de descidas. O litro do gasóleo está 15% mais alto, ou 15,7 cêntimos, e a gasolina está 8,5% mais caro, ou 11,1 cêntimos.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Então defensores da geringonça estão calados que nem ratos,todos os dias há aumento de impostos,só porque aumentaram uns míseros cêntimos as pensões já são os maiores, há-de vir o dia e não demora que até o pão vai faltar nas prateleiras, tipo Venezuela,porque a geringonça vai vos fazer a folha

Johnny Há 1 semana

Acho muito bem
os tugas não têm nada que andar a dar rios de dinheiro aos porcos dos arabes pelo seu petróleo
habituem-se a andar a pé, arranjem trabalho perto de casa

Anónimo Há 1 semana

Se estas subidas fossem no decorrer da anterior governação, cruxificavam os políticos, mas com o P S tá tudo bem-------------------------------estes midia e esta gente analfabeta nunca levarão o pais para a frente porque poucos sabem descernir

Anónimo Há 1 semana

Estamos entregues aos bichos...Venham os carros eletricos rapidamente. E o governo , parasitariamente, assobia para o lado.

pub