Energia Combustíveis voltam a subir para máximos de 2015

Combustíveis voltam a subir para máximos de 2015

A subida recente dos preços do petróleo e seus derivados vai ditar novos aumentos dos preços dos combustíveis nos postos de abastecimento. Gasolina e gasóleo vão subir para níveis de 2015, ano em que foram introduzidos os combustíveis simples.
Combustíveis voltam a subir para máximos de 2015
Sara Antunes 12 de janeiro de 2018 às 13:26

O petróleo tocou nos 70 dólares por barril esta semana e não foi apenas esta matéria-prima que registou uma subida acentuada. Os derivados do petróleo também subiram, com maior dimensão na gasolina. E o euro, apesar de ter subido nestes últimos dois dias da semana, não foi suficiente para travar o aumento de preços.

 

Assim, abastecer o depósito de um veículo vai voltar a ficar mais caro a partir de segunda-feira, com os preços a irem para níveis de 2015, ano em que as petrolíferas passaram a ser obrigadas a disponibilizar combustíveis simples nos seus postos de abastecimento.

 

A partir de segunda-feira, 15 de Janeiro, o litro de gasolina simples 95 octanas deverá aumentar cerca de 1,5 cêntimos, com o preço a ser elevado para 1,538 euros, tendo em consideração os preços médios praticados actualmente em Portugal e cujos valores constam no site da Direcção Geral de Energia.

 

Este valor da gasolina é o mais alto desde a semana de 13 de Julho de 2015, semana em que o valor foi exactamente o mesmo.

 

Já o gasóleo deverá aumentar 0,5 cêntimos para um valor médio de 1,340 euros, o preço mais elevado desde que há histórico (Abril de 2015).

 

De realçar que a evolução dos preços dos combustíveis é calculada pelo Negócios, tendo por base a evolução das matérias-primas e do euro. Fonte do sector confirmou que a subida dos combustíveis rondará estes valores, sendo que os preços e a dimensão da actualização dos mesmos depende de cada posto de abastecimento e da zona onde se encontra.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tentando Perceber a Política Há 1 dia

Se estes estouros de preços servir ao menos para acabar com a dependência do Petróleo, que cative o interesse por energias alternativas, ainda bem, se for para continuar tudo na mesma que se *oda

Anónimo Há 4 dias

O roubo continua em Portugal vou ter de ir a Espanha assim ganham merda.

Vão rebentar com a economia... Há 4 dias

Para o governo dos amigos, amigalhaços e familiares do oportunista costa a austeridade acabou, diz o vigarista, que já voltou uma resma de folhas.
Na semana passada o gasóleo foi a 1,390€/L na próxima mais 0,5 cêntimos, 54%, para o costa será 0,7533.
Subindo os combustíveis sobe tudo...

General Ciresp Há 4 dias

Ano novo.modelo novo.Antes baixava a petrolice e so depois e que a casalinho ia ao mercado,agora e ao contrario com agravante de que agora a petrolice na baixa mas sobe.Como diz o ze povinho:este gana(po) d.branca e muito habil.