Aviação Companhia aérea cabo-verdiana cancela ligações com Lisboa nos próximos dois dias

Companhia aérea cabo-verdiana cancela ligações com Lisboa nos próximos dois dias

A companhia aérea cabo-verdiana TACV anunciou o cancelamento das suas ligações com Lisboa e Fortaleza e Recife, no Brasil, na quarta e quinta-feira devido à avaria do seu único avião a operar nas linhas internacionais.
Companhia aérea cabo-verdiana cancela ligações com Lisboa nos próximos dois dias
Carlos Pinto/Correio da Manhã
Lusa 05 de setembro de 2017 às 23:47

Em comunicado, a TACV, que tinha já cancelado, durante o fim-de-semana, as ligações com Providence, nos Estados Unidos, deixando os passageiros retidos em Cabo Verde, informa que nos dias 6 e 7 de Setembro não se realizarão os voos Praia/Lisboa/Praia, sendo que na quarta-feira será também cancelado o voo Praia/Recife/Fortaleza/Praia.

 

O cancelamento dos voos acontece "na sequência da avaria do B757-CBP, e dada a impossibilidade de encontrar um avião de substituição até a data", segundo comunicado da empresa.

 

O comunicado acrescenta que "todos os passageiros serão reencaminhados em voos de companhias terceiras, em função da disponibilidade de lugares".

 

"A todos os passageiros afectados, a TACV reconhece e lamenta o desgaste físico e emocional provocados por esta situação involuntária e absolutamente fora do controle da companhia", refere ainda a empresa.

 

A agência Lusa procurou saber junto da empresa qual o número de passageiros afectados por estes cancelamentos, mas tal não foi possível até ao momento.

 

O reencaminhamento dos passageiros dos voos cancelados para Providence começou hoje e decorrerá até sexta-feira.

 

A companhia aérea pública cabo-verdiana está em processo de reestruturação com vista à sua privatização, tendo o Governo assinado com o grupo islandês Icelandair um contrato de gestão da empresa pelo período de um ano.

 

Com um passivo acumulado de mais de 100 milhões de euros, a empresa assegura agora apenas as ligações internacionais depois de o Governo ter negociado com a Binter Cabo Verde o exclusivo das ligações no mercado doméstico, empresa na qual entrou com 49% do capital.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub