Companhias aéreas 'low cost' somam 72% dos passageiros de Faro e esperam não ser afectadas pela crise
02 Junho 2012, 12:10 por Lusa
Enviar por email
Reportar erro
0
Quase três quartos dos passageiros que passam pelo aeroporto de Faro (72%) viajam em companhias ‘low cost’, empresas que não esperam ser afectadas pela crise económica, disseram à Lusa fontes das empresas.
Ryanair, Easyjet e Jet2 mantêm a expectativa de que os números de voos e passageiros este verão devem ficar em linha com os de 2011 e a britânica Jet2 prevê mesmo um aumento, devido à nova rota para Belfast, na Irlanda do Norte, inaugurada no passado sábado. Com dois milhões de passageiros num total de 2,77 milhões em 2011, as ‘low cost’ representam quase cerca de 72% dos passageiros com destino ou partida de Faro, de acordo com dados do Turismo de Portugal.

Embora reconhecendo que o verão que se aproxima deverá compensar uma época baixa com menos passageiros e taxas de ocupação mais reduzidas, as companhias de baixo custo preferem falar da totalidade do ano.

Líder destacada no número de rotas, voos e passageiros, a Ryanair espera transportar este ano 1,7 milhões de pessoas de/para Faro, acima dos 1,52 milhões transportados no ano passado nas suas 30 ligações, 29 delas internacionais e uma para o Porto.

Fonte da companhia assegura que a taxa média de ocupação dos seus voos ronda os 80%, mas diz acreditar que "em Julho e Agosto vai aumentar ainda mais".

A mesma fonte reconhece, todavia, que a sazonalidade da região tem um grande impacto no número de passageiros transportados de e para Faro, "apesar das tarifas baixas apresentadas durante todo o ano".

Já a Easyjet informa que este ano contou com uma taxa média de ocupação de 86,1%, nos 1.634 voos que fez até ao fim do dia de terça-feira nas 11 ligações com origem e destino em Faro, que movimentaram um total de 225.171 passageiros.

Com 1,1 milhões de passageiros transportados no ano passado, a Easyjet é a segunda ‘low cost’ com mais rotas e passageiros a operar em Faro e prevê este ano estar em linha com o ano anterior, de acordo com fonte da empresa.

A companhia prevê a abertura de uma nova ligação ainda este ano, Faro-Basileia, enquanto a Ryanair remete para mais tarde uma possível decisão nesse sentido, a tomar com base no horário de inverno.

Quinta companhia a operar em Faro, com base no número de passageiros transportados em 2011 (303 mil), a Jet2 afirma que só no próximo ano avaliará a possibilidade de novas rotas para a capital algarvia.

Com oito rotas semanais, todas de/para o Reino Unido, a Jet2 revela que conta com 80% de ocupação nos seus Boeing 737 e 757.

A companhia não revela dados sobre a sua operação mais recente, mas avança que tem um total de 356.738 lugares disponíveis para o verão de 2012.

Através da Jet2holidays, a empresa britânica oferece aos seus clientes a possibilidade de reserva de pacotes de viagem voo/transfers/hotéis e neste verão vai trabalhar com 95 unidades hoteleiras da região.

O usufruto dessa possibilidade é cada vez mais comum aos clientes das companhias ‘low cost’, de acordo com as fontes contactadas pela Lusa.

As cinco principais companhias ‘low cost’ a operar em Faro são a Ryanair (cerca de 1,52 milhões de passageiros em 2011), a Easyjet (1,1 milhões), a Monarch (537 mil), a Transavia (380 mil) e Jet2 (303 mil), segundo fonte aeroportuária.

No ano passado, além da actividade das ‘low cost’, os voos tradicionais tiveram cerca de 435 mil passageiros e os voos ‘charters’ 331 mil.
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: