Concorrência & Regulação Concorrência pode decidir em 2018 sobre processo que envolve 15 bancos

Concorrência pode decidir em 2018 sobre processo que envolve 15 bancos

A presidente da Autoridade da Concorrência (AdC) estimou hoje uma decisão em 2018 no processo de 15 instituições de crédito por alegada "troca de informação comercial sensível" durante 11 anos.
Concorrência pode decidir em 2018 sobre processo que envolve 15 bancos
Lusa 06 de junho de 2017 às 17:43

Em audição na Comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, Margarida Matos Rosa explicou que o processo, iniciado em 2013, envolve 15 instituições de crédito, que, durante 11 anos, teriam trocado "informação comercial sensível sobre produtos de banca de retalho (como crédito à habitação e crédito pessoal) e crédito a empresas".

 

"O processo tem avançado com muito solavancos e soluços. Em 2017, tendo em conta que já foi levantada a suspensão decretada em 2016 pelo Tribunal da Concorrência, Regulação e Supervisão, tendo em conta os recursos interlocutórios em curso, espero que possamos obter respostas dos bancos que foram emitidas na nota de ilicitude emitida em 2015", referiu aos deputados.

 

Com as esperadas respostas, a responsável da AdC espera chegar a uma decisão final em 2018.

 

"Esta calendarização que não prevê novos incidentes processuais, que poderão acontecer. estou a ser um pouco temerária em prever esta finalização. Mas, em todo o caso, é uma previsão realista da Autoridade e por parte dos nossos serviços", indicou.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub