Media Concurso para entrada de canais privados na TDT arranca em 2017

Concurso para entrada de canais privados na TDT arranca em 2017

O ministro da Cultura revelou ainda que a proposta para converter o empréstimo que o Estado fez à RTP para o arquivo em participação accionista está a ser avaliada pelas Finanças.
Concurso para entrada de canais privados na TDT arranca em 2017
Reuters
Sara Ribeiro 16 de Novembro de 2016 às 17:45

O Governo ainda não contactou formalmente as entidades reguladoras para avançar com o concurso para a atribuição de duas licenças a canais privados para integrarem a Televisão Digital Terrestre (TDT). Mas irá fazê-lo em breve, revelou o ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, durante a apresentação da RTP dos dois novos canais da TDT.

Questionado no final do evento sobre a previsão do arranque do processo, Luís Castro Mendes garantiu que será "no ano que vem com certeza. Ainda temos que começar o processo e entrar em contacto com as entidades reguladoras do sector [Anacom e ERC]. Mas vamos trabalhar nisso", acrescentou.

"Vamos contactar [as entidades reguladoras] porque obviamente elas terão que trabalhar connosco na organização do concurso, na regulação do concurso. Mas não tivemos ainda contactos formais sobre a abertura do concurso", adiantou.

Quanto ao arquivo do canal público, o ministro relembrou que o mesmo "está na disponibilidade da RTP", e que a proposta me cima da mesa é que o "empréstimo que o Estado fez à RTP" para a recuperação do arquivo" há cerca de 10 anos no montante de 150 milhões de euros, seja convertido em capital do Estado. Ou seja, "em lugar do empréstimo o Estado faz um aumento de capital na RTP. Mas é uma proposta que esta ainda em exame no Ministério das Finanças, explicou.

"O património arquivista é um património histórico e tem que ser digitalizado a bem da cultura e da preservação do património", sustentou.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado cmatomic 17.11.2016

Espero que SIC e a TVI fiquem excluídas do concurso publico para a atribuição de duas licenças a canais privados , já que são contra a mais canais na TDT , que fiquem de fora .

comentários mais recentes
cmatomic 17.11.2016

Espero que SIC e a TVI fiquem excluídas do concurso publico para a atribuição de duas licenças a canais privados , já que são contra a mais canais na TDT , que fiquem de fora .

Anónimo 16.11.2016

E que tal os portugueses pagarem pelos canais que lhes interessa,em vez de serem encharcados com mais do mesmo?Nao vai ha muito tempo que a rtp amputou mais um banco com dezenas de milhoes de euros,e pelo ruido parece-me que se preparam para amputar outro(s) banco,e o zo povinho que nao ve tv que pa

pub
pub
pub
pub