Transportes Concurso para terminal do Barreiro previsto para o final do ano

Concurso para terminal do Barreiro previsto para o final do ano

A estratégia para o aumento da competitividade portuária em Lisboa inclui a aposta nos cruzeiros e no aumento da capacidade de carga, num investimento de quase 750 milhões de euros.
Concurso para terminal do Barreiro previsto para o final do ano
Miguel Baltazar
Maria João Babo 17 de março de 2017 às 16:19

O concurso público para a concessão do terminal do Barreiro deverá ser lançado no final deste ano, de forma a que o início da obra ocorra em 2019.


A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, referiu esta sexta feira, 17 de Março, na apresentação da estratégia para o aumento da competitividade portuária em Lisboa, que neste momento o procedimento de avaliação de impacte ambiental está em processo de audição na Agência Portuguesa do Ambiente. Com a sua pronúncia, que pode acontecer já no mês de Junho, será tomada a decisão final.

O terminal do Barreiro é um dos projectos do Porto de Lisboa destinados a aumentar a sua competitividade nos próximos 10 anos. Na infra-estrutura está previsto um investimento de 400 milhões de euros de privados.


A ministra do Mar anunciou um investimento de 746 milhões de euros no porto da capital. Além do terminal do Barreiro está previsto um investimento de 22,7 milhões na segunda fase do terminal de cruzeiros, de quase 104 milhões no terminal de Alcântara e de 20 milhões no tannsporte fluvial até Castanheira do Ribatejo.


Ana Paula Vitorino assumiu o objectivo de um crescimento de 475% nas operações de "turnaround" de navios cruzeiro até 2026 e um crescimento de 155% da movimentação de carga contentorizada.

 

A presidente do Porto de Lisboa, Lídia Sequeira, explicou que no caso da expansão do terminal de Alcântara - em que 99,3 milhões de investimento caberá aos privados e 4 milhões virá dos cofres públicos -, o projecto será ainda objecto de negociação. Ainda assim, sublinhou a intenção de arrancar a primeira fase ainda este ano.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub