Comércio Continente destrona Jumbo na liderança dos preços mais baixos

Continente destrona Jumbo na liderança dos preços mais baixos

Segundo a Deco, o Continente é o supermercado com os preços mais baratos, tendo destronado o Jumbo. No online, a cadeia do grupo Auchan continua a liderar.
Continente destrona Jumbo na liderança dos preços mais baixos
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Ribeiro 30 de outubro de 2017 às 09:50

Em Outubro, o Continente voltou a ocupar o primeiro lugar dos supermercados com os preços mais baixos, destronando o Jumbo. As conclusões são do estudo da Deco divulgado esta segunda-feira, 30 de Outubro.

Depois de ter visitado 560 lojas entre os meses de Maio e Julho, a associação de defesa dos consumidores chegou à conclusão que o Continente e o Continente Modelo são as cadeias de supermercados mais baratas do país, seguidas pelo Jumbo, que ocupa a terceira posição.

O Pingo Doce subiu uma posição no ranking, face ao estudo publicado em Julho, ocupando agora a quarta posição. Seguem-se o Lidl, o Intermarché e o Minipreço.

No campo das compras online, a liderança continua a pertencer ao Jumbo. No entanto, neste ranking, o Continente e o Intermarché foram ultrapassados pelo El Corte Inglés, que ocupa agora a segunda posição nesta tabela.

Analisando por zonas, "Lisboa, Porto, Leiria e Braga são os distritos onde se conseguem poupanças mais significativas".

Uma família que gaste 150 euros por mês no supermercado, por exemplo, consegue poupanças anuais acima dos 200 euros escolhendo o supermercado mais barato nestes distritos. "Já uma família que gaste 400 euros mensais no supermercado pode obter, num ano, poupanças acima dos 500 euros nas lojas mais baratas", exemplifica a Deco.

A liderança nos preços baixos das cadeias da Sonae também se estende às regiões autónomas, nomeadamente no Funchal, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo.

"À semelhança do que já acontecera no ano passado, os supermercados Continente Modelo lideram o ranking das cadeias mais baixas nestas cidades, destronando o Pingo Doce no Funchal e os supermercados Spar em Ponta Delgada. Mas em Angra do Heroísmo não se consegue distanciar do Guarita", destaca a Deco no comunicado enviado às redacções.

O estudo incidiu sobre um cabaz de 141 produtos que incluem marcas de fabricantes e marcas próprias de gama média de cada uma das lojas. Para a realização do ranking, a Deco não considerou descontos em cartão, nem promoções condicionadas à compra de outros produtos.




pub