Banca & Finanças Correio da Manhã: Salgado esconde fortuna em ouro e diamantes

Correio da Manhã: Salgado esconde fortuna em ouro e diamantes

Uma empresa offshore no nome da mulher de Ricardo Salgado comprou diamantes no valor de 3,25 milhões de euros, revela o CM.
Correio da Manhã: Salgado esconde fortuna em ouro e diamantes
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 26 de novembro de 2017 às 10:46

Ricardo Salgado terá escondido uma parte da sua fortuna em ouro e pedras preciosas, cujo destino final não foi ainda descoberto pelo Ministério Público, avança o Correio da Manhã na sua edição deste domingo, 26 de Novembro.

 

"Os extratos bancários da Savoices, sociedade offshore de Ricardo Salgado sediada no Panamá, revelam que o banqueiro tinha, em Novembro de 2011, quase 3,5 milhões de euros investidos em ouro. E a acusação do Ministério Público revela também que a Begolino, offshore controlada pela mulher do banqueiro, Maria João Salgado, adquiriu em 2012 três diamantes por 3,82 milhões de dólares (equivalente a 3,25 milhões de euros, à taxa de câmbio actual)", revela o jornal.

 

O Ministério Público teve acesso a estes extratos bancários no passado dia 27 de Junho, quando o ex-líder do Grupo Espírito Santo (GES) e a mulher foram revistados no aeroporto de Lisboa, no âmbito da Operação Marquês. Maria João Salgado tinha em sua posse extratos com a situação financeira de três contas bancárias sediadas no UBS, na Suíça, em 2017.

 

O despacho de autorização da revista aos haveres e bagagens de Ricardo Salgado e da sua mulher, que foi emitido no próprio dia 27 de Junho, deixa claro que "existem fundos depositados em algumas contas abertas na Suíça pelo arguido [Ricardo Salgado], ainda que em nome de entidades instrumentais [sociedades offshores], bem como que, a partir de fundos depositados nas mesmas contas, foram realizadas aquisições de bens de elevado valor, ouro e pedras preciosas, cujo destino final não foi, por ora, identificado", escreve o Correio da Manhã.




pub