Transportes Crianças com passe gratuito em Lisboa a partir de 1 de Fevereiro. Para idosos desconto é de 60%

Crianças com passe gratuito em Lisboa a partir de 1 de Fevereiro. Para idosos desconto é de 60%

Até aos 12 anos ninguém paga e para pessoas com 65 anos ou mais viajar na Carris, no Metro e na área urbana da CP custará 14,50 euros por mês. A medida está pronta a arrancar e a partir de 1 de Fevereiro quem já tiver o cartão Lisboa Viva poderá começar a beneficiar dos descontos.
Crianças com passe gratuito em Lisboa a partir de 1 de Fevereiro. Para idosos desconto é de 60%
Bruno Simão/Negócios
Filomena Lança 25 de janeiro de 2017 às 18:05

A Câmara de Lisboa concluiu os procedimentos necessários para avançar com as anunciadas reduções nos preços dos passes sociais para crianças e idosos, que chegam ao terreno na próxima semana, no dia 1 de Fevereiro, disse ao Negócios fonte oficial do município. As regras de acesso foram disponibilizadas esta quarta-feira, 25 de Janeiro, no site da Carris, e os interessados podem solicitar os cartões "Lisboa Viva". Para quem já tenha cartão com perfil de terceira idade ou criança, bastará adquirir o passe normalmente.

 

Os idosos com 65 anos ou mais passam agora a ter um desconto de 60% no passe, o que significa que pagarão 14,5 euros. Quanto às crianças até aos 12 anos terão direito ao passe gratuitamente. O benefício abrange qualquer pessoa, com menos de 12 anos ou mais de 65 anos, desde que seja titular de cartão Lisboa Viva com o perfil criança ou 3.ª Idade.

 

Os pedidos de novos passes estão disponíveis apenas em alguns pontos de venda: no Metro (estações de Marquês de Pombal, Colégio Militar, Jardim Zoológico, Campo Grande, Baixa-Chiado, Cais do Sodré, Oriente e Aeroporto); nos  Espaços Cliente Santo Amaro e Arco do Cego; nos Quiosques Mob Carris e nos Operadores de Transportes da Região de Lisboa.

 

O custo do cartão do passe, o Lisboa Viva, é de sete euros, com entrega em dez dias úteis, ou de 12 euros, caso seja pedido com urgência e para entrega em 24 horas.

 

O cartão Lisboa Viva permite circular na Carris, no Metro e na  Área urbana da CP que abrange na Linha de Cascais o percurso Cais do Sodré – Belém; na Linha de Sintra o percurso Rossio – Benfica e  Benfica – Moscavide; na Linha da Azambuja o trajecto entre Santa Apolónia e Moscavide; e na Linha de Cintura o percurso entre Alcântara Terra e Moscavide.

 

O preço do passe mensal é de 36,20 euros. Até agora, crianças e idosos beneficiavam de descontos de 25%. O alargamento dos descontos acontece no dia em que a propriedade da Carris passa formalmente para a Câmara de Lisboa. A Carris disponibiliza informações para idosos e para crianças na sua página da internet.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
cristina 01.02.2017

Esta medida é errada, podem e devem beneficiar quem necessita realmente consoante prova de condição de recursos, porquê o passe gratuito e com desconto de 60% a quem tem bons rendimentos? Quem vai pagar esta "generosidade"? Sempre os mesmos que se veem aflitos para pagar as contas.

Anónimo 31.01.2017

Afinal parece que não vai ser assim.
A Carris não sabe de nada nem estão habilitados a dar qualquer informação.
No site da Carris também não existe qualquer informação.

Anónimo 25.01.2017

...e nós que moramos fora de Lisboa, somos estrangeiros ?? não pagamos impostos tanto ou mais que em Lisboa?? viva a discriminação !!!

Adolfo Dias 25.01.2017

No Porto onde os transportes estão caríssimos, também queremos o desconto.
Grande cidade de Lisboa onde os cidadãos lutam pelos seus direitos.

pub