Desporto Cristiano Ronaldo chamado a depor pela justiça espanhola no dia 31 de Julho

Cristiano Ronaldo chamado a depor pela justiça espanhola no dia 31 de Julho

A imprensa espanhola avança que o futebolista português vai depor no dia 31 de Julho a propósito da investigação à alegada não declaração ao fisco de 14,7 milhões de euros.
Cristiano Ronaldo chamado a depor pela justiça espanhola no dia 31 de Julho
Juan Medina
Negócios 20 de junho de 2017 às 13:49

Já há data para Cristiano Ronaldo ser ouvido pelas autoridades judiciárias espanholas sobre a investigação em curso ao capital da selecção nacional de futebol, que é suspeito de não ter declarado em torno de 14,8 milhões de euros ao fisco espanhol entre 2011 e 2014.

 

De acordo com a notícia avançada pelo El Confidencial, Ronaldo estará presente no tribunal de Pozuelo de Alarcón, em Madrid, no próximo dia 31 de Julho às 11:00 horas locais (menos uma hora em Lisboa), para responder sobre a alegada ocultação ao fisco de 14,8 milhões de euros relativos aos direitos de imagem do avançado do Real Madrid.

 

No passado dia 13 as autoridades espanholas acusaram Cristiano Ronaldo de quatro delitos de fraude fiscal. Segundo o Expresso, antes ainda de as investigações terem sido iniciadas, Ronaldo não terá declarado cerca de 150 milhões de euros – segundo o Footballeaks Ronaldo recorreu às Ilhas Virgens Britânicas para ocultar 150 milhões de euros ao fisco espanhol - relativos a direitos de imagem, sendo que em Dezembro de 2015 o avançado terá pago 5,6 milhões de euros de forma voluntária, oportunidade em que o futebolista terá aproveitado para revelar os seus contratos de direitos de imagem.

 

"Temos diferenças de critério, sim, mas estamos tranquilos porque a actuação do jogador foi sempre limpa e sem ocultações", disse um porta-voz da Gestifute, empresa detida pelo empresário Jorge Mendes, representante de Ronaldo, ao El Confidencial.

 

Em causa está a avaliação sobre se a não declaração ao fisco dos ganhos com direitos de imagem está, ou não, abrangida pela chamada "Lei Beckham", segundo a qual os referidos direitos podem não ser totalmente declarados em Espanha.


A imprensa espanhola noticiou nos últimos dias que Ronaldo está disposto a litigar com as autoridades espanholas, seguindo o exemplo do seu ex-colega de equipa, o espanhol Xabi Alonso.




pub