Bolsa CTT afunda mais de 20% após corte de dividendo e quebra de lucros

CTT afunda mais de 20% após corte de dividendo e quebra de lucros

As acções dos CTT estão a afundar em bolsa, depois de a empresa ter anunciado um corte de 10 cêntimos do dividendo que vai distribuir aos seus accionistas. E depois de ter reportado uma queda superior a 50% dos lucros nos primeiros nove meses do ano.
CTT afunda mais de 20% após corte de dividendo e quebra de lucros
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Antunes 01 de novembro de 2017 às 08:39
As acções dos CTT estão a afundar 14,70% para 4,313 euros, tendo chegado a deslizar 20,69% para 4,01 euros, o que corresponde à queda mais pronunciada desde que a cotada está em bolsa (2013), assim como o valor das acções nunca foi tão baixo.

Além da queda acentuada, a negociação está a ser muito activa, tendo já trocado de mãos mais de 1,3 milhões de títulos, quando a média diária dos últimos seis meses é praticamente metade (689 mil) do que já negociou só nesta primeira meia hora de negociação.

A justificar a queda pronunciada das acções estão os anúncios feitos ontem já após o fecho do mercado. Por um lado os lucros da empresa de correios caíram 57% para 19,5 milhões nos primeiros nove meses do ano, ainda que as receitas tenham aumentado 0,2%.

Mas acima de tudo, a empresa liderada por Francisco Lacerda anunciou que vai propor um corte dos dividendos que serão distribuídos aos accionistas referente ao actual exercício. O corte é de 11,6%, passando de 48 para 38 cêntimos, com a empresa a justificar a decisão com o desempenho inferior ao esperado dos resultados operacionais. 



Saber mais e Alertas
pub