Agricultura e Pescas CTT: Agricultores começam a receber vales postais a 10 de Janeiro

CTT: Agricultores começam a receber vales postais a 10 de Janeiro

Os Correios esclareceram que os vales postais com o valor das indemnizações para os agricultores afectos pelos incêndios de Outubro vão estar disponíveis a partir de 10 de Janeiro.
CTT: Agricultores começam a receber vales postais a 10 de Janeiro
Bloomberg
Sara Ribeiro 08 de janeiro de 2018 às 16:34

Os agricultores sem conta bancária afectados pelos incêndios de Outubro vão começar a receber a indemnização através de vales postais a partir do dia 10 de Janeiro. A informação foi adiantada pelos CTT numa nota de esclarecimento enviada às redacções.

"Os CTT informam que os vales postais contendo as indemnizações para os agricultores afectados pelos incêndios têm a data de emissão da próxima quarta-feira, 10 de Janeiro, data articulada e programada com o IFAP - Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, não existindo qualquer atraso", sublinha a empresa.

Os Correios garantem ainda que "nesse mesmo dia, 10 de Janeiro, os CTT procederão à distribuição da totalidade dos vales postais, ficando os mesmos imediatamente disponíveis para o respectivo pagamento em qualquer um dos cerca de 2.300 pontos de acesso dos CTT ou para depósito bancário".

A nota de esclarecimento surge no seguimento das notícias que davam conta que os agricultores iriam começar a receber a partir desta segunda-feira, 8 de Janeiro – data que tinha sido apontada pelo Ministério da Agricultura.

Na semana passada, o ministério defendeu ainda que os 3.782 agricultores - (65% do total) -afectados pelos incêndios na região Centro a 15 e 16 de Outubro do ano passado - são os que não têm conta bancária. Estes agricultores vão receber por vale postal 75% da verba que lhes foi atribuída, com os restantes 25% a serem atribuídos após uma validação dos serviços no terreno.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
General Ciresp Há 1 semana

Li hoje q Espanha pos as forcas armadas a descongestionar o engarrafamento provocado pela queda excessiva de neve.Pensava eu q Espanha so tinha generals tal como portugal,mas feliz/. nao.Feitas bem as contas,abolir 1/3 desses pinguelas generals devia dar para manter um bom SOUTO de soldados rasos

pub