Automóvel Dacia vai alterar Duster para pagar menos portagem em Portugal

Dacia vai alterar Duster para pagar menos portagem em Portugal

O SUV vai ser alterado de forma a pagar menos nas portagens nacionais. O grupo Renault apela ao Governo para mudar regras nas portagens.
Dacia vai alterar Duster para pagar menos portagem em Portugal
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 17 de janeiro de 2018 às 14:51

O grupo Renault vai alterar o SUV Duster de forma a que este modelo pague menos de portagem em Portugal. Este modelo está actualmente classificado como classe 2 nas portagens nacionais e o objectivo da marca é fazer com que passe para a classe 1.

 

"Obviamente que vamos ter que mexer, o carro hoje é mais alto", disse o director de comunicação da marca, Ricardo Oliveira, esta quarta-feira, 17 de Janeiro, durante a apresentação de resultados anuais. 

 

Apesar de admitir a mudança, o responsável não adiantou como é que a marca vai proceder para que o Duster passe a pagar menos nas portagens. "Em relação ao Duster e à suspensão, não confirmo nem desminto", afirmou.

 

O sector automóvel em Portugal tem estado em negociações com o Governo e com as concessionárias de auto-estrada para que novos modelos que pagam mais de portagem passem a pagar menos.

 

O grupo Renault não avançou com uma data para lançar este automóvel e lançou um apelo ao Governo para que altere as regras das portagens.

 

"Lançaríamos amanhã, se o Governo mudasse as portagens hoje. Gostávamos muito que o Governo mudasse a questão das portagens", declarou Ricardo Oliveira.

 

Recorde-se que o SUV Kadjar da Renault demorou mais de ano e meio a chegar ao mercado nacional, porque a marca decidiu proceder a alterações no veículo de forma a que fosse classificado como classe 1 nas portagens e pagar menos.

 

Actualmente os automóveis ligeiros com a altura máxima ao solo acima de 1,10 metros pagam mais nas portagens, como Classe 2. A Associação Automóvel de Portugal (ACAP), as concessionárias de auto-estradas e o Governo têm vindo a discutir alterações a estas regras, para que estes ligeiros passem a ser considerados Classe 1.
 




Saber mais e Alertas
pub