Banca & Finanças DBRS admite melhorar “rating” do Novo Banco

DBRS admite melhorar “rating” do Novo Banco

O Novo Banco continua a ter uma notação financeira de “lixo” para o DBRS, mas a agência admite elevar o “rating” da instituição liderada por António Ramalho.
DBRS admite melhorar “rating” do Novo Banco
Bruno Simão
Sara Antunes 17 de outubro de 2017 às 19:24

A DBRS tem um "rating" de "CCC" para o Novo Banco, o mesmo é dizer que a qualidade de investimento é "muito especulativa", ou seja, está a vários degraus abaixo do nível que é considerado "lixo". Mas a perspectiva foi colocada sob revisão, com "implicações positivas", o que significa que a agência canadiana admite aumentar a notação de rating da instituição financeira.

 

"A revisão vai focar-se no impacto de qualquer alteração potencial nos fundamentais e na estratégia do banco, como resultado da venda à Lone Star, incluindo a injecção de capital planeada no valor de 750 milhões de euros", explica a agência numa nota publicada esta terça-feira, 17 de Outubro.

 

A DBRS vai agora fazer uma análise à compra por parte da Lone Star e "as suas potenciais implicações para a marca, a rentabilidade, o financiamento e o capital do Novo Banco", adianta.

 

A agência explica que um factor determinante será "o impacto na qualidade de activos do banco" numa eventual necessidade de injecção de capital, através do Fundo de Resolução.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub