Telecomunicações Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal

Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal

A Deco considerou ilegal a campanha que a Meo está a fazer, na qual oferece Internet aos clientes em Agosto, mas obriga a pagar após essa data se não rescindirem, e já denunciou o caso ao regulador Anacom.
Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal
Bruno Simão/Negócios
Lusa 10 de agosto de 2017 às 18:14

Segundo disse à Lusa Ana Sofia Ferreira, da associação de defesa do consumidor, nos últimos dias a Decp tem recebido dezenas de contactos e queixas a propósito da mensagem telefónica (sms) que a Meo tem enviado a clientes na qual anuncia que atribui dois Gigabytes (2GB) adicionais de internet até 31 de Agosto e que após essa data os clientes podem manter esse 'plafond' de internet extra por 3,98 euros por mês, sem fidelização.

 

Já no fim da sms, a Meo diz que, se o cliente "preferir não beneficiar destas vantagens" deve ligar "grátis [para o número] 800200023".

 

Segundo a responsável da Deco, é aqui que está o problema: "Não são os clientes que têm de cancelar um serviço não solicitado", afirmou.

 

Ana Sofia Ferreira explicou que a lei proíbe "claramente" às operadoras a cobrança de qualquer serviço não solicitado e que a ausência de resposta do consumidor não vale como consentimento, pelo que a Meo não pode a partir de 31 de Agosto cobrar 3,98 euros por um serviço que os clientes não pediram, mesmo se estes não o cancelarem entretanto. "A Meo pode oferecer, não pode é cobrar", sublinhou.

 

A Deco diz que já enviou uma denúncia ao regulador das telecomunicações, a Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações, a quem pede o sancionamento da Meo e que corrija a prática.

 

A responsável da Deco disse ainda que, no caso dos clientes que contactaram a operadora para cancelar o serviço a partir da data em que teriam de pagar, houve relatos de problemas no cancelamento, uma vez que é um atendedor automático que recebe as chamadas, que é confusa a forma de cancelamento e que ficaram ser ter a certeza se o serviço foi efectivamente cancelado.

 

A Lusa contactou fonte oficial da Meo, mas até ao momento não obteve resposta.

 

A Meo pertence à PT Portugal, detida pela francesa Altice. A Altice tem intenção de, no próximo ano, fazer desaparecer as marcas PT e Meo, passando a designar-se Altice. 




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 10.08.2017

mas a MEO ainda tem clientes ????

comentários mais recentes
daxx 14.08.2017

2GB por 3.98 ? Brutal, eu sou cliente Vodafone mas se me mandarem um SMS eu aceito de caras. Se alguém souber de mais barato avise-me pv.
obrigado

SÍTIO MUITO MANHOSO 10.08.2017


. . . Façam como eu . . . Hoje rescindi com a MEO e subscrevi a VODAFONE ! ! !

RICARDO COUTO 10.08.2017

NEM DE PROPÓSITO LIGUEI PARA USUFRUIR DA CAMPANHA ATÉ FINAL DE AGOSTO MAS ESTES SENHORES ABLIDOSOS DISSERAM QUE SE ANULASSE JÁ AS DATAS SEGUINTES FICAVA NO IMEDIATO SEM EFEITO A CAMPANHA DE AGOSTO ..RIDICULO PUBLICIDADE ENGANOSA

Anónimo 10.08.2017

Todos os clientes receberam este SMS.
Sendo cliente empresarial até agradeço que me activem tudo o que quiserem.
Porque uma coisa a DECO pode ter a certeza. O gerente nao assinou nao paga.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub