Telecomunicações Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal

Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal

A Deco considerou ilegal a campanha que a Meo está a fazer, na qual oferece Internet aos clientes em Agosto, mas obriga a pagar após essa data se não rescindirem, e já denunciou o caso ao regulador Anacom.
Deco denuncia ao regulador campanha da Meo que considera ilegal
Bruno Simão/Negócios
Lusa 10 de agosto de 2017 às 18:14

Segundo disse à Lusa Ana Sofia Ferreira, da associação de defesa do consumidor, nos últimos dias a Decp tem recebido dezenas de contactos e queixas a propósito da mensagem telefónica (sms) que a Meo tem enviado a clientes na qual anuncia que atribui dois Gigabytes (2GB) adicionais de internet até 31 de Agosto e que após essa data os clientes podem manter esse 'plafond' de internet extra por 3,98 euros por mês, sem fidelização.

 

Já no fim da sms, a Meo diz que, se o cliente "preferir não beneficiar destas vantagens" deve ligar "grátis [para o número] 800200023".

 

Segundo a responsável da Deco, é aqui que está o problema: "Não são os clientes que têm de cancelar um serviço não solicitado", afirmou.

 

Ana Sofia Ferreira explicou que a lei proíbe "claramente" às operadoras a cobrança de qualquer serviço não solicitado e que a ausência de resposta do consumidor não vale como consentimento, pelo que a Meo não pode a partir de 31 de Agosto cobrar 3,98 euros por um serviço que os clientes não pediram, mesmo se estes não o cancelarem entretanto. "A Meo pode oferecer, não pode é cobrar", sublinhou.

 

A Deco diz que já enviou uma denúncia ao regulador das telecomunicações, a Anacom - Autoridade Nacional de Comunicações, a quem pede o sancionamento da Meo e que corrija a prática.

 

A responsável da Deco disse ainda que, no caso dos clientes que contactaram a operadora para cancelar o serviço a partir da data em que teriam de pagar, houve relatos de problemas no cancelamento, uma vez que é um atendedor automático que recebe as chamadas, que é confusa a forma de cancelamento e que ficaram ser ter a certeza se o serviço foi efectivamente cancelado.

 

A Lusa contactou fonte oficial da Meo, mas até ao momento não obteve resposta.

 

A Meo pertence à PT Portugal, detida pela francesa Altice. A Altice tem intenção de, no próximo ano, fazer desaparecer as marcas PT e Meo, passando a designar-se Altice. 




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

mas a MEO ainda tem clientes ????

comentários mais recentes
daxx Há 1 semana

2GB por 3.98 ? Brutal, eu sou cliente Vodafone mas se me mandarem um SMS eu aceito de caras. Se alguém souber de mais barato avise-me pv.
obrigado

SÍTIO MUITO MANHOSO Há 1 semana


. . . Façam como eu . . . Hoje rescindi com a MEO e subscrevi a VODAFONE ! ! !

RICARDO COUTO Há 1 semana

NEM DE PROPÓSITO LIGUEI PARA USUFRUIR DA CAMPANHA ATÉ FINAL DE AGOSTO MAS ESTES SENHORES ABLIDOSOS DISSERAM QUE SE ANULASSE JÁ AS DATAS SEGUINTES FICAVA NO IMEDIATO SEM EFEITO A CAMPANHA DE AGOSTO ..RIDICULO PUBLICIDADE ENGANOSA

Anónimo Há 1 semana

Todos os clientes receberam este SMS.
Sendo cliente empresarial até agradeço que me activem tudo o que quiserem.
Porque uma coisa a DECO pode ter a certeza. O gerente nao assinou nao paga.

ver mais comentários
pub