Transportes Deputados do PS defendem alargamento da Carris para Loures

Deputados do PS defendem alargamento da Carris para Loures

Deputados do PS eleitos por Lisboa querem o serviço da Carris chegue a "todo o concelho de Loures". Parlamentares defendem também tarifa única nas portagens da CREL.
Deputados do PS defendem alargamento da Carris para Loures
Miguel Baltazar/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 15 de maio de 2017 às 16:07

Um grupo de deputados do PS defende que a Carris possa alargar o seu serviço de transporte público a todo o concelho de Loures. Este grupo de deputados representa os parlamentares eleitos pelo círculo de Lisboa para a Assembleia da República.  

"Verificando a disponibilidades de transportes rodoviários, interessa consagrar um caminho que possa alargar a Carris a todo o concelho de Loures; a ponderação dos transportes públicos de ligação entre a zona oriental e a zona norte do concelho de Loures; e a análise da realidade actual, totalmente disfuncional, no que se refere aos passes sociais em todos os concelhos metropolitanos a norte de Lisboa", lê-se numa nota enviada pelo PS às redacções.

Entre os deputados estão o socialista Sérgio Sousa Pinto, bem como, os deputados Ricardo Leão, Susana Amador, Vitalino Canas, Diogo Leão e a candidata do PS à Câmara Municipal de Loures, Sónia Paixão, que estão hoje numa visita de trabalho a Loures.

 

Na mesma nota, os deputados destacam que "olhando as acessibilidades rodoviárias verificam-se disfuncionalidades na ligação da N10 à 2ª circular em Sacavém; na saída da A1 em S. João da Talha; e na qualidade da infra-estrutura da A8 no Túnel do Grilo".

A visita de trabalho tem como objectivo fazer um levantamento das questões mais urgentes. Entre as sugestões dos socialistas estará a criação de uma tarifa única nas portagens da CREL "permitindo, pelo aumento do tráfego, a redução previsível de receita inicial e, por essa via, o reequilíbrio contratual no médio prazo".


A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
José Marce Há 1 semana

Há tanto que se luta por isto Agora há eleições e todos estão de acordo BEM DITAS ELEIÇÕES DEVIAM SER DE SEIS EM SEIS MESES

Juca Há 2 semanas

Como os marretas costumam dizer: é preciso dar tempo ao tempo. Isto é, depois vai até Santarém, passa por Coimbra e liga-se ao Porto. E teremos um socialismo nacional, a pobreza não terá fim!

Conselheiro de Trump Há 2 semanas

Afinal nem foi assim tao grande BACORADA aquilo que Assuncao Cristas disse no barracao parlamentar sobre o q queria para a cidade da borga.Miseraveis bebem um galao e arrotam a whisky dizem.Nao tem onde cair de mortos.Se nao tivessem Passos na oposicao a vigialos era a continuacao do ladrao socrates

}
pub