Aviação Deputados do PS querem aeroporto de Beja a resolver saturação em Lisboa

Deputados do PS querem aeroporto de Beja a resolver saturação em Lisboa

Dois deputados socialistas reclamam ao Governo um maior aproveitamento do aeroporto de Beja para fazer face à saturação do espaço aéreo em Lisboa, que eventos como a Web Summit ainda irão potenciar.
Deputados do PS querem aeroporto de Beja a resolver saturação em Lisboa
Correio da Manhã
Maria João Babo 26 de Outubro de 2016 às 12:36
Deputados do Partido Socialista defendem o maior aproveitamento do aeroporto de Beja numa altura em que a capacidade do espaço aéreo em Lisboa está perto do limite e uma solução complementar ao aeroporto da capital precisa de tempo para ser concretizada.

Numa pergunta dirigida ao ministro do Planeamento e das Infra-estruturas, Pedro Marques, os socialistas sublinham que "no quadro da afirmação do sector do turismo, de forma sustentada, e com picos de afluência ao território nacional como certamente ocorrerá com a Web Summit em Lisboa são evidentes os sinais de saturação do espaço aéreo existente e das condições de acolhimento da infra-estrutura aeroportuária de Lisboa".

Pedro do Carmo e Norberto Patinho recordam inclusivamente que a NAV, empresa responsável pelo controlo de tráfego aéreo, admitiu já que os atrasos nos voos do aeroporto de Lisboa podem tornar-se mais frequentes devido aos constrangimentos do espaço aéreo. E que também a Associação dos Controladores do Tráfego Aéreo avisou que a capacidade de resposta no espaço aéreo de Lisboa está perto do limite.

Sublinham também que "o aeroporto de Beja é um projecto de desenvolvimento do Baixo Alentejo concretizado pelos governos do Partido Socialista" e que a infra-estrutura "supera o mero contributo para o desenvolvimento regional" .

Os deputados eleitos pelos círculos de Beja e Évora querem assim saber se, "considerando que qualquer solução complementar ao aeroporto Humberto Delgado em Lisboa precisa de tempo para a sua concretização, não pondera o Governo criar as condições para um maior aproveitamento do aeroporto de Beja".

Questionam ainda o ministro Pedro Marques sobre se "não será este o momento de potenciar as oportunidades oferecidas pelo aeroporto de Beja", tendo em conta "a escassez de corredores de acesso e de saída no espaço aéreo afecto ao aeroporto Humberto Delgado em Lisboa e considerando a ocorrência de eventos como a Web Summit que ainda vão concorrer mais para a saturação já mencionada por operadores do sector"



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António Há 1 semana

Aquando dos Jogos Olímpicos foi posto a funcionar um "novo" aeroporto a -40kms de Londres: London SOUTHEND ! Demorou 6 meses. Daqui por 10 anos já teremos estudos e mais estudos sobre Beja ou Montijo ! Somos bons a fazer reuniões...

mario Há 1 semana

É uma EXCELENTE IDEIA.
Quando se viaja para a Europa a baixo custo vai-se para aeroportos secundários. Por isso acho que essa medida deve ser posta em prática rapidamente. Precisamos que o País se desenvolva em todo o território e não só nos grandes centros.

JCG Há 1 semana

Sim , sim, acho bem. Mas é preciso fazer uns canais para ligar a barragem de Alqueva ao Rio Tejo ou ao Sado que é para depois os turistas virem de barco até Lisboa. Isso é que seria mesmo bonito. Se for a ligar ao Sado é preciso concretizar o velho projeto de fazer um canal ligando o Sado ao Tejo.

Gonçalo Há 1 semana

Como é possivel querer que o aeroporto seja uma fonte de progresso na região se depois não existem transportes e acessibilidades adequados? Sem comboio nem vale a pena.
E n digam que é culpa da austeridade, pois essas acessibilidades deveriam estar feitas aquando da abertura do aeroporto e n depois

pub
pub
pub
pub