Banca & Finanças Detido ex-director do BES na Madeira por suspeitas de branqueamento e corrupção

Detido ex-director do BES na Madeira por suspeitas de branqueamento e corrupção

O arguido ficou em prisão domiciliária e está proibido de estabelecer contactos com os outros arguidos do processo.
Detido ex-director do BES na Madeira por suspeitas de branqueamento e corrupção
Bloomberg
Lusa 29 de junho de 2017 às 18:20
A Procuradoria-Geral da República confirmou hoje a detenção do antigo director do BES da Madeira no âmbito do inquérito relacionado com o "Universo Espírito Santo", por suspeitas de branqueamento e corrupção, entre outros crimes.

Segundo a mesma fonte, após ser ouvido pelo juiz de instrução criminal, o arguido ficou em prisão domiciliária e está proibido de estabelecer contactos com os outros arguidos do processo.

O antigo quadro do BES está indiciado de corrupção de agentes públicos internacionais, branqueamento, e corrupção ativa e passiva no sector privado.

A detenção do ex-director do BES Madeira ocorre uma semana depois de o Ministério Público ter realizado buscas em residências, bancos e empresas em Lisboa e na Madeira.

Na altura a PGR indicou que, até à data, tinham sido constituídos 17 arguidos.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub