Web Summit Dinamarqueses da Kubo vencem a competição do "pitch"

Dinamarqueses da Kubo vencem a competição do "pitch"

A Kubo Robot venceu a competição do "pitch" do Web Summit 2016. Originária da Dinamarca, esta start-up tem um robô educacional para o ensino primário.
Dinamarqueses da Kubo vencem a competição do "pitch"
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Laranjeiro 10 de Novembro de 2016 às 17:10

A Kubo Robot é uma start-up dinamarquesa que tem um robô para o ensino primário. Depois de ter realizado um "pitch" durante um dos primeiros dias do Web Summit em Lisboa, chegou à final e sagrou-se vencedora. A Kubo Robot é assim a primeira vencedora dos "pitch" em Lisboa. O prémio é um investimento de 100 mil euros feito pela Portugal Venture.

 

Paddy Cosgrave, que estava no palco para a entrega do prémio, afirmou que a viagem que trouxe o Web Summit para Lisboa começou há cerca de dois anos quando uma start-up nacional venceu o "pitch" em Dublin, a Codacy.

O CEO do Web Summit revelou ainda está "muito feliz" que Lisboa seja a casa do Web Summit.

 

Na edição deste ano do Web Summit, estiveram em Lisboa mais de 53 mil pessoas, oriundas de mais de 160 países. Antes do evento começar a expectativa era que o Web Summit gerasse um retorno na casa dos 200 milhões de euros.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

No meio de tanta iluminação e tanto iluminado, talvez para o ano de 2017 alguém consiga dizer como se pode marcar uma consulta urgente na extensão de saúde de TONDELA, onde nunca é possível e obrigam o utente a preencher um formulário em que diz o que tem. Talvez um ROBOT seja mais útil !!

Anónimo Há 3 semanas

Cem pt - só mostra a pequenez da mentalidade do povo portugues! 1 das contrapartidas de receber 1 evento cm a dimensão do Web summit, era esse prémio ser atribuido por Portugal. E o investimento foi só de 100 mil € da Portugal ventures, eles continuam a ter milhoes para as start up portuguesas!

Cem pt Há 3 semanas

Ou seja, os montantes de venture capital de investidores nacionais reunidos à volta da AICEP e Bancos nacionais da Portugal Ventures, destinados à partida a incentivar o investimento em startups portuguesas, afinal vão parar neste caso a... dinamarqueses!

Brilhante este incentivo, grande visão de futuro, quando muito se fala em apoiar os jovens empreendedores portugueses no campo das novas tecnologias.

Até parece que em Portugal há por aí ao virar da esquina uma data de business angels e seed capital em excesso disponível para esbanjar com outros mercados, em vez de apostar as fichas nas pequenas empresas tugas tecnológicas.

pub
pub
pub
pub