Imobiliário Dívida de 109 milhões à Caixa é chave no negócio da Comporta
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Dívida de 109 milhões à Caixa é chave no negócio da Comporta

A Herdade da Comporta tem uma dívida de 109 milhões à CGD que está por pagar desde 2014. Negociar o crédito, garantido por grande parte dos terrenos da propriedade, é imprescindível para venda do fundo.
Dívida de 109 milhões à Caixa é chave no negócio da Comporta
Miguel Baltazar

A venda da Herdade da Comporta exige que haja uma solução para a dívida de 109 milhões de euros à Caixa Geral de Depósitos (CGD). Há mais de dois anos que este crédito está em situaç

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 01.08.2017

E é para pagar TODA!

Anónimo 28.07.2017

A CGD tem de se agarrar a estes ativos com unhas e dentes porque têm um valor muito superior. Só os marionetas Passos e Portas é que vendiam que Portugal era um país afundado moribundo que não interessava a ninguém. Fizeram-no para se encherem... comprando tudo ao preço da uva mijona...

Anónimo 27.07.2017

Sempre alguém disse q a CGD estava a dar muito q falar por parte da oposição e q alguma coisa se passava em torno da mesma. Sempre quiseram a privatização. Agora se pergunta: Porquê? Afinal vai-se descobrindo q havia gato c rabo de fora.

Anónimo 26.07.2017

e o sr ricardo salgado não tem nada a ver com isto?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub