Aviação Dívida de Angola à TAP sobe para 70 milhões  

Dívida de Angola à TAP sobe para 70 milhões  

A companhia aérea portuguesa recebe apenas uma pequena parte dos 5 a 6 milhões de euros que factura por mês com a rota entre Lisboa e Luanda.
Dívida de Angola à TAP sobe para 70 milhões  
Negócios 10 de Dezembro de 2016 às 12:26

A dívida acumulada de Angola à TAP já supera os 70 milhões de euros, uma vez que a companhia aérea portuguesa apenas consegue receber uma pequena parte dos 6 a 7 milhões que factura por mês com a rota para a este país africano.

 

A notícia é avançada pelo Público, que dá conta que a operação em Angola foi reduzida ao mínimo, com os pagamentos residuais que vão sendo feitos a alimentarem a esperança que não se repita a situação crítica verificada na Venezuela.

 

A dívida de Angola à TAP cresceu cerca de 20 milhões de euros em três meses, sendo que a TAP já reduziu o número de voos semanais entre Lisboa e Luanda para sete, face aos 10 anteriores.

 

A administração da empresa está a equacionar medidas mais drásticas, mas segundo o Público tem sido pressionada pelo Governo a manter um mínimo de frequências para garantir que a comunidade portuguesa e as relações diplomáticas entre os dois países não saem prejudicadas.

 

Segundo a mesma fonte, o Governo tem tentado resolver o problema junto das autoridades angolanas, pedindo que acelerem os pagamentos à TAP, mas as negociações diplomáticas não têm surtido efeito até aqui.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 1 semana

JÁ TODOS PERCEBEMOS QUE NÃO É PARA PAGAR....

INTERROMPAM OS VOOS

pub