Aviação Dono da TAP une-se ao coro de pressões pela "Portela+1"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Dono da TAP une-se ao coro de pressões pela "Portela+1"

David Neeleman diz que é preciso outro aeroporto em Lisboa, que "o Montijo está lá" e não é possível "esperar três anos". O Governo só quer decidir reforço da capacidade em 2017.
Dono da TAP une-se ao coro de pressões pela "Portela+1"
Miguel Baltazar/Negócios

David Neeleman, um dos novos donos da TAP, juntou-se esta quinta-feira ao coro de pressões para uma solução para o crescimento da capacidade aeroportuária em Lisboa, designadamente com a utilização da infra-estrutura

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Francisco António Há 3 semanas

Mais 500 reuniões, entrevistas, almoçaradas, actas e fotografias, estudos e mais estudos e descobrir-se-á que ali no Montijo existem condições para um pequeno aeroporto ! Com 100€, saindo de Faro com a easyJet descobrirão um pequeno aeroporto em Southend-on-Sea. Perguntem-lhes como se faz...

Anónimo Há 3 semanas

O que a TAP quer é acabar com as low-cost, que ano após ano reduzem a sua actividade comercial e aumentam o seu passivo. É uma vergonha o que estão a fazer no terminal 2 aos passageiros e agora ainda os querem mandar para o Montijo.
Abram os olhos e procurem soluções internas e não esquemas!

jcg Há 3 semanas

Porque não transferem a atividade militar do Montijo para Beja, por ex.? Não será avisado por razões estratégicas - incluindo a anunciada subida dos mares ou um sismo violento na região de Lisboa com maremoto que atingirá a base do Montijo - espalhar mais pelo país as infraestruturas de defesa?

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub