Desporto Dono do Newcastle quer 446 milhões de euros pelo clube

Dono do Newcastle quer 446 milhões de euros pelo clube

O multimilionário Mike Ashley pede cerca de 446 milhões de euros para vender o clube inglês Newcastle United. O clube terá sido colocado à venda no Verão, mas só no início desta semana a informação foi tornada pública.
Dono do Newcastle quer 446 milhões de euros pelo clube
reuters, bloomberg, getty images
Negócios com Bloomberg 20 de outubro de 2017 às 18:10

400 milhões de libras (cerca de 446 milhões de euros) é o valor pretendido pelo multimilionário Mike Ashley para vender o histórico clube inglês Newcastle United.

 

De acordo com a notícia avançada esta sexta-feira, 20 de Outubro, pela agência Bloomberg, este é o montante pedido apesar de, segundo fontes não identificadas, que citam valores enviados a potenciais interessados na compra, o clube estimar um prejuízo de 17 milhões de libras (quase 19 milhões de euros) em 2017.

 

Apesar de só no início desta semana ter sido noticiado que o Newcastle United estava à venda, a Bloomberg escreve que Mike Ashley já colocou o clube no mercado em Julho último. Na passada segunda-feira, um comunicado oficial de Ashley explicava que a venda da equipa permitira ao clube dar um salto em termos competitivos.

"O Newcastle precisa traçar um caminho claro rumo a um futuro brilhante e de sucesso", lia-se no comunicado.

O objectivo do actual dono da equipa inglesa passa por fazer regressar a equipa ao topo da competitiva liga inglesa. Nos últimos 10 anos, a equipa do norte de Inglaterra desceu de divisão em duas ocasiões.

Já esta semana, a conselheira financeira Amanda Staveley terá estado reunida com o dono do Newcastle em representação da PCP Capital Partners.

Contrariamente à tendência verificada nos últimos anos, o comprador do Newcastle United não deverá ser oriundo da China, isto depois de mais recentemente terem sido investidores chineses a comprar clubes como o West Bromwich, Southampton ou ainda o Aston Villa, Birmingham City e Wolverhampton Wanderers (equipa orientada por Nuno Espírito Santo que este Verão contratou Rúben Neves ao FC Porto por 18 milhões de euros). 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub