Construção DST constrói empreendimento com 50 apartamentos de luxo nas Amoreiras

DST constrói empreendimento com 50 apartamentos de luxo nas Amoreiras

O Amoreiras Vista terá 50 apartamentos, com tipologias T1 a T6, distribuídos por sete pisos acima do solo. Estará concluído no primeiro semestre de 2019.
DST constrói empreendimento com 50 apartamentos de luxo nas Amoreiras
Negócios 13 de outubro de 2017 às 13:15

O grupo DST anunciou esta sexta-feira, 13 de Outubro, que foi seleccionado para a construção do Amoreiras Vista, um empreendimento de apartamentos de luxo, localizado junto ao Jardim das Amoreiras.

 

"Trata-se de um edifício de construção nova, composto por 50 apartamentos, com tipologias T1 a T6 e áreas entre os 53 e os 318 m2, distribuídos por sete pisos acima do solo", refere um comunicado enviado às redacções, adiantando que o projecto tem conclusão prevista para o primeiro semestre de 2019.

"A vista extraordinária sobre a cidade e rio é uma das principais características do Amoreiras Vista que, a par dos elevados padrões de qualidade e de conforto, beneficia do facto de ser muito bem servida de transportes, serviços e comércio tradicional, numa zona muito calma e tranquila", acrescenta.

Segundo José Teixeira, presidente do Conselho de Administração do grupo DST, este projecto representa "um reforço da posição do grupo no sector da construção de habitação de segmento alto, particularmente em Lisboa, onde temos somado projectos residenciais de luxo".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub