Energia EDP emite mil milhões de dólares em dívida a sete anos

EDP emite mil milhões de dólares em dívida a sete anos

Empresa liderada por António Mexia anunciou emissão de dívida no valor de mil milhões de dólares, com maturidade em 2024 e um cupão de 3,625%.
EDP emite mil milhões de dólares em dívida a sete anos
Negócios 21 de junho de 2017 às 21:36
A EDP anunciou ao início da noite desta quarta-feira uma emissão de dívida no valor de mil milhões de dólares, com maturidade em Julho de 2024 e um cupão de 3,625%, de acordo com um comunicado enviado à CMVM.

No equivalente em euros, a taxa de cupão é de 1,5%.

"Os títulos serão emitidos ao abrigo do programa de emissão de títulos de dívida "Programme for the Issuance of Debt Instruments (MTN)" da EDP e EDP Finance BV, tendo sido solicitada a sua admissão à negociação no mercado regulamentado da Irish Stock Exchange", afirma a empresa.

De acordo com esta fonte, "esta emissão destina-se a financiar as necessidades decorrentes da actividade normal do Grupo EDP".

O Bank of America Merrill Lynch, o BBVA, o BNP Paribas, o Deutsche Bank Securities, o Haitong Bank, o HSBC, o MUFG e o SG CIB actuaram como "Joint Bookrunners" da transacção.

Na sessão de hoje da Euronext Lisbon, as acções da EDP encerraram a recuar 0,62%, para 3,03 euros.



A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 dias

É para pagar bónus excessivos e excedentarismo.

comentários mais recentes
ehhehe Há 4 semanas

Um arguido a emitir divida, só para rir

pertinaz Há 3 dias

BOM BOM BOM... TAL COMO O PAÍS...!!!

Anónimo Há 3 dias

Para se manter no lugar capturou o estado, vende a energia cara e ainda se endivida para pagar chorudos dividendos. Mais um genial "bava" saído da política para os negócios para amealhar o seu pecúlio à custa dos consumidores.

Jorge Há 3 dias

Como me sinto 'de lapidado'...pois que ninguém compre MERDA nenhuma desta 'gajada'!

ver mais comentários
pub