Energia EDP gasta 35 milhões de euros em contadores inteligentes
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

EDP gasta 35 milhões de euros em contadores inteligentes

Até ao final deste ano vão estar instalados 1,3 milhões de contadores inteligentes, com o número a crescer para os dois milhões em 2018. A instalação do equipamento é gratuito, garante a EDP Distribuição.
EDP gasta 35 milhões de euros em contadores inteligentes
Bruno Simão/Negócios
André Cabrita-Mendes 28 de junho de 2017 às 00:01

Mais 600 mil casas portuguesas vão passar a ter contadores inteligentes até ao final de 2017. A EDP Distribuição vai investir 35 milhões de euros nestes equipamentos.

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 28.06.2017

Contadores e outros sistemas inteligentes e automáticos são a solução para reduzir custos e elevar a eficiência. Podem e devem ser aplicados na EDP, na AT, no INE, no gás, nas Águas de Portugal, na Administração Pública em geral, em toda a parte.

comentários mais recentes
Jose Otto 28.06.2017

Não sei para quê !Tenho dois instalados e continuo a receber facturas com consumos estimados (sempre para cima como lhes convém)!

Anónimo 28.06.2017

Lá vão meter na rua mais uns quantos empregados que faziam as leituras, apesar dos lucros obscenos. E lá vai passar a ser possível expiarem a nossa casa ao minuto, porque será fácil saber se está alguém em casa em função do consumo de eletricidade no momento. Vai ser lindo.

Anónimo 28.06.2017

O excedentarismo acarreta custos enormes para a economia, os consumidores, os inovadores, os contribuintes, os accionistas, os investidores... Em jurisdições e culturas de gestão onde o despedimento de excedentários é tema tabu, a dependência, o atraso, a injustiça e o empobrecimento proliferam. Assim foi, e ainda é maioritariamente, Portugal. "...the decision is in Duke Energy's effort to stay lean and efficient for its customers." www.wfmynews2.com/news/duke-energy-to-cut-900-jobs-to-lower-costs-for-customers/69744244

Anónimo 28.06.2017

Para entender a crise de equidade e sustentabilidade que tem afectado as economias desenvolvidas e posto territórios como os de Portugal e Grécia nas más bocas do mundo, é fundamental perceber que para uns serem excedentários ou pagos acima do preço de mercado, outros têm que pagar mais caro quando consomem bens e serviços, pagar mais taxa de imposto quando são tributados, obter menor retorno sobre o investimento quando investem, poupar menos quando aforram...

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub