Energia EDP mantém preço da OPA sobre Renováveis nos 6,75 euros

EDP mantém preço da OPA sobre Renováveis nos 6,75 euros

A EDP garante que vai manter o preço da oferta sobre a Renováveis, não revendo o valor, conforme pretendido por alguns minoritários.
EDP mantém preço da OPA sobre Renováveis nos 6,75 euros
Bruno Simão/Negócios
Alexandra Machado 25 de julho de 2017 às 17:04
A EDP manteve o preço da OPA lançada sobre a Renováveis nos 6,75 euros.

De acordo com o comunicado, a EDP indica que "o preço da oferta não será objecto de revisão e se manterá, por conseguinte, nos 6,75 euros por acção".

A empresa diz que faz esta comunicação "na sequência de algumas questões levantadas no âmbito da Oferta Pública Voluntária registada no dia 5 de Julho de 2017 sobre a totalidade das acções representativas do capital social da EDP Renováveis".

Apesar de ainda ter até quinta-feira para poder mudar o preço, a EDP faz já saber que o valor não será objecto de revisão. Isto depois do accionista norte-americano, a MFS Investment, que tem 4% da Renováveis, ter feito saber que não vai vender a sua posição, já que considera que o preço é baixo, tendo ainda feito críticas à metodologia utilizada para fixação do preço. 

"Do nosso ponto de vista, os argumentos incluídos no prospecto não providenciam uma visão equilibrada e precisa do valor subjacente da EDP Renováveis. As metodologias usadas parecem distorcer os valores resultantes em favor da EDP com desvantagem para os accionistas minoritários. O abandono pela EDP da metodologia de avaliação que recomenda aos investidores levanta a legítima questão sobre o que é que mudou", lê-se na carta divulgada pela MFS Investment a 21 de Julho, a que o Negócios teve acesso.

Também a gestora de activos britânica Ecofin já disse estar a aconselhar os seus fundos a não aceitarem a oferta. 

A oferta está já a decorrer e termina às 15 horas do próximo dia 3 de Agosto. 

(Notícia actualizada com mais informações às 17:15)



pub