Energia EDP poupa 19,4 milhões ao reduzir dívidas ao Estado

EDP poupa 19,4 milhões ao reduzir dívidas ao Estado

O Diário de Notícias dá conta que a eléctrica liderada por António Mexia vai manter os contenciosos contra os contribuintes mesmo tendo aderido a um programa especial que lhe permitiu poupanças.
EDP poupa 19,4 milhões ao reduzir dívidas ao Estado
Negócios 20 de março de 2017 às 09:50

A EDP poupou 19,4 milhões de euros em juros com a adesão ao programa especial de redução do endividamento ao Estado (PERES), escreve o Diário de Notícias desta segunda-feira, 20 de Março.

Segundo o relatório e contas da EDP de 2016, a decisão de aderir ao PERES permitiu à empresa evitar o pagamento de 19,4 milhões de euros em juros por dívidas fiscais reclamadas pelo Estado.

"Após uma análise detalhada, o grupo EDP optou por aderir a este regime excepcional, mediante um pagamento total de cerca de 57.342 milhares de euros, o que implicou uma redução das contingências fiscais classificadas como possíveis em 76.727 milhares de euros", pode ler-se no documento.

O Diário de Notícias explica que a empresa liderada por António Mexia não precisou de se dar como culpada de ter dívidas ao Estado, mantendo os contenciosos contra os contribuintes apesar de já ter garantido a poupança.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 dias

Isto é do arco da velha!

A EDP, quase monopolista e beneficiando de tarifas altíssimas também não pagava ao fisco!

Segundo parece, tem lucros bem gordos à nossa custa.

O Zé Contribuinte se não paga a tempo e horas ao fisco é logo penhorado. Até à pouco tempo, até a casa era penhorada e mesmo vendida na hora!

Neste país, 99% são enteados e 1% (todos feitos entre eles) é que são tratados como filhos ...

Anónimo Há 4 dias

Emquanto tivermos pessoas que só olham para si e não para o povo,não vamos lá..
Bom dia,boa semana

Anónimo Há 4 dias

Campónio da Beira, és mesmo campónio da Beira! Sempre foste! A energia mais cara da europa, como tu dizes, está carregada de impostos e taxas em cerca de 50%!

Camponio da beira Há 4 dias

Como pode uma empresa que vende a energia mais cara da europa, ter dividas, e o seu gestor ter premios de gestão (danosa) ?

pub
pub
pub
pub