Energia EDP Renováveis assegura dois financiamentos acima de 500 milhões de dólares nos EUA

EDP Renováveis assegura dois financiamentos acima de 500 milhões de dólares nos EUA

A empresa de energias limpas liderada por Manso Neto comunicou ao mercado a conclusão de dois financiamentos, em regime de “tax equity”, no valor de 507 milhões de dólares, nos Estados Unidos.
EDP Renováveis assegura dois financiamentos acima de 500 milhões de dólares nos EUA
Pedro Elias/Negócios
Negócios 29 de dezembro de 2017 às 18:45

A EDP Renováveis concluiu dois financiamentos, em território norte-americano, no valor de 507 milhões de dólares. Estas operações foram realizadas em regime de "tax equity", tendo já a empresa liderada por Manso Neto utilizado este meio anteriormente.

As políticas de energia verde federais nos Estados Unidos fizeram do "tax equity" uma componente do financiamento privado deste tipo de projectos. Este tipo de financiamento permite a utilização de benefícios fiscais por parte do investidor.

"A EDP Renováveis, S.A. ("EDPR"), através da sua subsidiária EDP Renewables North America LLC, completou dois financiamentos ‘tax equity’ no montante de 507 milhões de dólares para todos os projectos instalados em 2017", refere a empresa em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).


Os projectos instalados este ano foram parques eólicos e parques solares. "Parques eólicos (363 MW): completou o financiamento ‘tax equity’ no montante de 439,6 milhões de dólares com o Bank of New York Mellon (dos quais 115 milhões de dólares já haviam sido financiados em Setembro de 2017), em troca de um interesse económico nos parques eólicos Meadow Lake V (100 MW), Redbed Plains (99 MW), Quilt Block (98 MW) e Hog Creek (66 MW)", refere o comunicado. Estes parques estão localizados nos estados do Indiana, Oklahoma, Wisconsin e Ohio e têm Contratos de Aquisição de Energia ("CAE") de longo prazo.

"Em parques solares (60 MW): executa o financiamento ‘tax equity’ no montante de 67,6 milhões de dólares em troca de um interesse económico em três parques solares com um total de 60 MW e instalados em Dezembro de 2017. Os projectos estão localizados no estado da Carolina do Sul e possuem Contratos de Aquisição de Energia ("CAE") de longo prazo", acrescenta o comunicado.

A EDP Renováveis revela ainda que estas operações foram as primeiras realizadas pela empresa após a aprovação da reforma fiscal norte-americana - promulgada no passado dia 22 de Dezembro pelo presidente Donald Trump.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar