Energia EDP vende mais 76 milhões de défice tarifário

EDP vende mais 76 milhões de défice tarifário

Em menos de uma semana é a segunda vez que a eléctrica notifica o mercado de uma operação de venda de défice tarifário relativo a 2016. Na terça-feira tinham sido 100 milhões.
EDP vende mais 76 milhões de défice tarifário
Miguel Baltazar
A EDP anunciou esta quinta-feira, 27 de Outubro, a venda de 76 milhões de euros do défice tarifário relativo a 2016, a segunda operação do género realizada no espaço de menos de uma semana.

De acordo com o comunicado enviado pela companhia à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a alienação foi feita em Portugal pela EDP Serviço Universal, o comercializador de último recurso do sistema eléctrico português (100% Grupo EDP).

O valor de défice tarifário em causa respeita a sobrecustos com a produção em regime especial, acrescenta a empresa.

Na terça-feira a EDP já tinha anunciado a venda de 100 milhões de euros de défice tarifário, uma forma de a energética encaixar imediatamente este valor, não tendo de esperar anos para receber o dinheiro.

Só nos últimos meses a energética encaixou quase 600 milhões, com a venda de várias parcelas onde se destacam 200 milhões de défice, de 73 milhões, de 300 milhões e de 600 milhões de euros, além dos 100 milhões desta semana.


A dívida tarifária ascende actualmente aos 4,7 mil milhões de euros, mas deve recuar para os 4,3 mil milhões de euros no próximo ano.

O défice tarifário de 2016 resultou do diferimento por cinco anos da recuperação do sobrecusto de 2016 com a aquisição de energia aos produtores em regime especial, conforme sublinha a eléctrica.

As acções da EDP fecharam a sessão desta quinta-feira a cair 1,35% para 2,99 euros.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Deve ter havido necessidade para pagar os vencimentos do Sr.Dr.Mexia

pub