Automóvel Efacec cria solução que aumenta autonomia dos carros eléctricos até mil quilómetros

Efacec cria solução que aumenta autonomia dos carros eléctricos até mil quilómetros

A empresa portuguesa desenvolveu, a pedido de um fabricante automóvel alemão, uma estação móvel para carregar veículos eléctricos que permitirá a estes uma autonomia entre os 400 e os mil quilómetros.
Efacec cria solução que aumenta autonomia dos carros eléctricos até mil quilómetros
Negócios 12 de outubro de 2017 às 17:59

A Efacec já tem uma solução móvel para carregar veículos eléctricos que permite aumentar a autonomia destes até mil quilómetros. Trata-se de uma estação móvel ultra-rápida desenvolvida a pedido de um fabricante automóvel alemão, a qual foi entregue no segundo semestre deste ano e agora tornada pública.

Esta estação, equipada com carregadores móveis, permite que os carros eléctricos tenham uma autonomia mínima de 400 quilómetros, podendo mesmo chegar aos mil quilómetros e foi concebida pela Efacec Electric Mobility.

A Efacec, em comunicado divulgado esta quinta-feira, 12 de Outubro, explica que esta estação de carga móvel é "uma solução pioneira no mercado que incluiu três unidades do carregador ultrarrápido HV350 que permite a carga de três veículos em simultâneo em apenas uma estação de carga móvel".

A empresa adianta que esta solução pode ser carregada através da rede eléctrica local ou, na falta desta, através de um gerador incluído na própria estação móvel.

A Efacec destaca ainda que este equipamento "permite a carga de veículos em diferentes localizações onde não seja oportuno a instalação definitiva de infra-estrutura de carga: pistas de teste, testes de estrada, testes em locais com condições remotas - muito frios ou quentes, com pó, em de altitude elevada entre outros".




A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 dia

A pequena EFACEC é um caso raro de coragem e resiliência. Num sector extremamente competitivo a nível mundial, apesar de todas as dificuldades, a começar pela dificuldade que é ser uma empresa de direito português, é das poucas em Portugal que têm demonstrado ter uma gestão atenta, moderna e competente. Despediu onde e quando tinha que despedir, à semelhança das grandes congéneres estrangeiras, para poder continuar a esforçar-se com competitividade no processo de criação de valor. Mas receio ainda assim que não seja suficiente para sobreviver a mais uma década. Tudo dependerá das políticas governativas. As actuais não inspiram confiança.

comentários mais recentes
A Isabelinha sabia o que estava a comprar Há 12 horas

Nunca percebi como é que uma empresa com tanta capacidade é vendida.

Anónimo Há 20 horas

Fantastica noticia, 1000km de autonomia, como se autonomia estivesse no carregamento que por sua vez está acupolado a um grupo gerador movido a diesel.
A Siemens e a ABB vão passar a Efacec na "auto-estrada" em velocidade de cruzeiro, porque não existe segredo tecnologico...

johnny Há 1 dia

Portanto... um camião com um gerador em cima... isto é totalmente inédito carago !

Anónimo Há 1 dia

Parabéns. Ainda bem que conseguiram despedir os excedentários de que a empresa já não necessitava. Caso raro em Portugal. Por este andar a EFACEC seria a próxima empresa histórica e exportadora do sector electromecânico a falir. Ainda bem que o FMI veio pôr ordem na casa ou os sindicatos faliam com mais esta empresa em dois tempos.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub