Comércio El Corte Inglés contrata 700 colaboradores em Portugal para o Natal

El Corte Inglés contrata 700 colaboradores em Portugal para o Natal

Grupo de distribuição já recebeu 13.281 candidaturas para as contratações da campanha de Natal. Previsão é chegar às 16.000 candidaturas recebidas.
El Corte Inglés contrata 700 colaboradores em Portugal para o Natal
O grupo espanhol tem dois armazéns em Portugal, em Lisboa e em Gaia.
Correio da Manhã
Isabel Aveiro 12 de Novembro de 2016 às 09:37

A cadeia de retalho espanhola El Corte Inglés – Grandes Armazéns, vai "contratar aproximadamente 700 pessoas para diferentes funções: venda, embrulhos, supermercado, etc" na campanha deste Natal, declarou Susana Santos, directora de comunicação e relações externas da empresa em Portugal.

Além de dois armazéns – em Lisboa e Gaia – o El Corte Inglés opera em Portugal seis supermercados Supercor, uma grande superfície de bricolage Bricor e dois centros de oportunidades em Portugal. Tem ainda a cadeia de vestuário Sfera.

Em resposta ao Negócios, por email, Susana Santos explicou esta sexta-feira, 11 de Novembro, que "até agora" o El Corte Inglés, em Portugal, já recebeu "13.281 candidaturas" – "e contamos chegar às 16.000".

Quer as candidaturas como as contratações incluem as necessidades do grupo espanhol, assim como das empresas suas parceiras, "como por exemplo transportes e entregas, marcas que têm espaços dentro da loja, etc", explicou a mesma responsável.

Sobre que tipo de vínculo têm os colaboradores directos e indirectos contratados para satisfazer a procura nesta altura do ano, a directora de comunicação da retalhista respondeu que "o Natal, pela sua dinâmica e temporalidade, leva-nos à realização de contractos a termo". "É uma altura especialmente importante do ponto de vista da contratação, pois permite-nos ter uma bolsa de dados para contractos de maior continuidade", afirmou.

Em termos de contratação extraordinária de colaboradores, a campanha de Natal, "que inclui os reforços para os saldos de Inverno", explicou, "começa logo em Setembro, com a contratação das primeiras pessoas" e termina "a meados de Dezembro".

Sobre o perfil, "naturalmente que a idade não é por si só uma limitação", afirmou Susana Santos, que contudo sublinhou que a "resistência física, a capacidade de adaptação, disponibilidade, muita simpatia e sentido de serviço ao cliente" para quem quer "trabalhar numa loja" com as características de um armazém de grandes dimensões como o El Corte Inglés.

"A maioria dos candidatos que nos chegam têm entre 18 e 24 anos", adiantou ainda. E para os encontrar "as redes sociais e os sites de emprego são os nossos principais veículos de informação", como também "as referências das pessoas que já trabalharam" com o grupo, além das "parcerias com faculdades e outras instituições de ensino".

Além da actividade distribuidora, o El Corte Inglés tem ainda operacional em Portugal empresas financeira, de seguros, de agenciamento de viagens e de informática. A companhia anunciou em Agosto último os resultados do seu último ano fiscal completo – findo em Fevereiro de 2016 – um volume de negócios de 429,65 milhões de euros em Portugal (mais 2,9% do que no exercício anterior). No ano fiscal de 2015/2016 o resultado bruto de exploração (avaliado pelo EBITDA) foi de 40,6 milhões de euros, mais 5,7%. Os resultados, após impostos, foram de 19,2 milhões de euros (mais 3,8%).




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Vasco Ribeiro Há 3 semanas

Pelos vistos a oferta é muita...

Francisco António Há 3 semanas

Pelo que sei o El C. Inglês não tem ordenados em atrazo nem esfola os Trabalhadores como alguns da concorrência. E em toda a Europa se contratam pessoas para uma 1ª experiência laboral pelo Natal. Ah ! Sou cliente frequente e não trabalho no ECI !

Margarida Brites Há 3 semanas

Trabalhadores á exploração!

Josefa Martins Há 3 semanas

Para o natal....não é emprego!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub