Turismo & Lazer Elefante Branco vende nome por cinco mil euros

Elefante Branco vende nome por cinco mil euros

O clube nocturno lisboeta fechou portas em Dezembro de 2016, após 30 anos. Agora em insolvência, vai vender o nome que o tornou conhecido.
Elefante Branco vende nome por cinco mil euros
Negócios 11 de outubro de 2017 às 08:53

A marca Elefante Branco, registada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, está à venda. A notícia é dada pelo jornal i esta quarta-feira, 11 de Outubro.

A decisão surge depois da sociedade que geria este clube nocturno em Lisboa ter entrado em insolvência. O valor-base é de cinco mil euros, segundo o anúncio publicado pela administradora de insolvência Graça Dias.

O Elefante Branco, na Rua Luciano Cordeiro, foi inaugurado em 1986 e fechou em Dezembro do ano passado. Como recorda o i, era um espaço que reunia várias classes da sociedade, tais como políticos, empresários ou desportistas. O espaço era referenciado em vários guias internacionais.

O espaço não escapou a polémicas relacionada com a emigração ilegal de algumas das mulheres que lá trabalhavam, como uma operação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras em 2002 que a publicação refere.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 6 dias

mulheres finas aqui se fizeram senhoras da sociedade. 5.000 euros? isso pagava qualquer jogador de futebol por mes para ter a garrafa de wisky la exposta.

comentários mais recentes
Anónimo Há 5 dias

Como sempre o SEF a estragar o divertimento dos Tugas feios, porcos mas com dinheiro, agora só podem recorrer à Manuela se o SEF não aparecer por lá.

Anónimo Há 6 dias

Uma perda inestimável para a cidade. Uma verdadeira instituição onde muitos afogaram tristezas, animaram os egos, por vezes deixaram pequenas fortunas. Muito cabrito por ali passou, e muita brasileira de fazer parar o trânsito. Estamos de luto. "Je suis Elefante Branco..."

Amilcar Alho Há 6 dias

É com surpresa que tomo conhecimento do encerramento de mais uma instituição de referência. Já não frequento o Elefante Branco há mais de 20 anos. Era um bom local para uma pessoa de meia idade tomar um copo.

Anónimo Há 6 dias

A Angolanada racista que por lá passava matou a casa...

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub