Transportes Empark desmente ter contratado Deutsche Bank para encontrar comprador

Empark desmente ter contratado Deutsche Bank para encontrar comprador

O jornal espanhol El Confidencial dá conta de novas movimentações para a venda da gestora de parques de estacionamento, que em 2015 esteve perto de fechar acordo com a Vinci.
Empark desmente ter contratado Deutsche Bank para encontrar comprador
Miguel Baltazar
Alexandra Noronha 13 de Janeiro de 2017 às 11:34

A Empark diz não ter contratado o Deutsche Bank para encontrar um comprador. Contactada pelo Negócios, a concessionária primeiro não quis comentar, mas depois desmentiu a notícia do jornal espanhol El Confidencial.

Segundo o El Confidencial, os principais accionistas, a Assip, do grupo A. Silva & Silva, estão novamente a tentar vender 100% da gestora, que tem uma grande presença tanto em Portugal como em Espanha.


A empresa está avaliada em mil milhões de euros, sendo a maioria do seu capital está nas mãos do grupo português. Entretanto, o Novo Banco, que era o segundo maior accionista acabou por vender a sua participação na Empark por 69 milhões de euros, à Parkinvest. Contactada pelo Negócios, a Empark não quis comentar esta questão. 


Em 2015, a empresa esteve perto de fechar um acordo com a Vinci Park, mas acabou por ser suspenso porque as condições não forem aceites por todos os interessados. Depois disso, a imprensa espanhola garantiu que estava em cima da mesa um acordo com o empresário espanhol Eugenio Hinojosa, mas a Empark desmentiu as negociações.


A empresa tem um volume de negócios de cerca de 180 milhões de euros e gere 531 mil parques de estacionamento em vários países. Recentemente, abriu mais um em Lisboa, na Avenida Infante SantoO investimento, de cinco milhões de euros contou com o apoio do grupo Mello, dono da Cuf, que tem um hospital na zona, e disponibiliza "um total de 219 lugares de estacionamento, distribuídos por três pisos e mais de 6.000 metros quadrados", adiantou a empresa.

(notícia actualizada com reacção da Empark)




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Camponio da beira Há 1 semana

Já em Fevereiro de 2016 este banco foi contratado para vender o Novo Banco. E conseguem fazer tudo?

José Rodrigues Há 1 semana

531 000 parques de estacionamento ??????
Impressionante.....a falta de rigor!

pub
pub
pub
pub