Redes Sociais Empregado do Twitter desactivou conta de Trump durante 11 minutos  

Empregado do Twitter desactivou conta de Trump durante 11 minutos  

O Twitter assumiu a responsabilidade pela interrupção na conta do presidente dos EUA, explicando que foi "inadvertidamente desactivada devido a um erro humano" de um dos seus funcionários.
Empregado do Twitter desactivou conta de Trump durante 11 minutos  
Reuters
Negócios com Lusa 03 de novembro de 2017 às 07:47

A conta do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na rede social Twitter desapareceu hoje por alguns minutos, mas já está a funcionar, anunciou a empresa.

 

A rede social Twitter assumiu a responsabilidade pela interrupção na conta de Donald Trump, explicando que foi "inadvertidamente desactivada devido a um erro humano" de um dos seus funcionários.

 

"Estamos a investigar e a tomar medidas para evitar que possa voltar a acontecer", refere a empresa em comunicado, explicando que a conta esteve inacessível durante 11 minutos.

 

De acordo com a empresa, foi um funcionário que trabalhava pelo último dia na rede social que conseguiu desactivar a conta durante 11 minutos. "Concluímos que isto foi feito por um empregado na área de apoio ao cliente que estava no último dia de trabalho na empresa", acrescentou o Twitter.

Vários relatos nas redes sociais deram conta que a conta do presidente dos Estados Unidos não estava disponível, surgindo a mensagem que "o usuário não existe".

 

O presidente dos Estados Unidos tem 41,7 milhões de seguidores no Twitter, tendo utilizando fortemente a rede social para transmitir as suas mensagens. 




pub