Empresas Empresa suíça de relojoaria vai criar 80 empregos em Santa Maria da Feira

Empresa suíça de relojoaria vai criar 80 empregos em Santa Maria da Feira

A multinacional helvética Multicuirs vai abrir uma fábrica de braceletes para relógios de luxo em Santa Maria da Feira, num espaço de 12 mil metros quadrados no parque empresarial a norte do Europarque, onde prevê criar cerca de 80 postos de trabalho.
Empresa suíça de relojoaria vai criar 80 empregos em Santa Maria da Feira
A empresa suíça Multicuirs vai fabricar braceletes para relógios de luxos em Santa Maria da Feira
Rui Neves 13 de setembro de 2017 às 16:29

Santa Maria da Feira, capital mundial na produção e transformação de cortiça, vai ter uma fábrica de braceletes para relógios de luxo, que deverá entrar em funcionamento "nos primeiros meses de 2018", revelou o presidente da autarquia portuguesa, que esteve por este dias de visita à sede da promotora do investimento - a multinacional suíça Multicuirs, que produz alta relojoaria para marcas como a Cartier.

Emídio de Sousa disse que regressou de Genebra "com a garantia" de que a Multicuirs vai criar 80 postos de trabalho nesta unidade, "encontrando-se já em fase de recrutamento". 

"Numa primeira fase, os colaboradores seleccionados viajarão até à sede da empresa, na Suíça, para receberem formação antes de entrarem ao serviço na fábrica portuguesa, que vai ocupar 12 mil metros quadrados no parque empresarial a norte do centro de congressos Europarque", avança a Câmara de Santa Maria da Feira, em comunicado.

 

A produção da unidade portuguesa da Multicuirs será "100% para exportação".

 

Para o autarca, "a criação destes novos postos de trabalho reforça a nossa convicção de que os investimentos que trouxemos para a Feira, e que entram em fase de construção nos próximos meses, vão conduzir, dentro de um a dois anos, a uma situação de pleno emprego no concelho", enfatizou Emídio de Sousa.

 

Na visita que realizou à sede da Multicuirs, o presidente da Câmara de Santa Maria da Feira fez-se acompanhar por técnicos da empresa de recrutamento em Portugal e pela empresa Tecmacal, que vai fornecer as máquinas da nova fábrica que vai abrir no concelho. 



(Notícia actualizada às 16:50)




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
maria de fatima moreira silva Há 6 dias

E uma mais valia todo o emprego criado em Portugal, o injusto e darem so oportunidade a certas freguesias,
visto que outras estão tão perto... deveríamos ver todas as populações de todas as maneiras porque as dificuldades não existe so no conselho de Santa Maria da Feira.
comprimentos....


Anónimo Há 1 semana

Gostava de saber se ali os autarcas da feira abriram as pernas á cartier...mas vamos a ver em breve

joao Há 1 semana

O investimento estrangeiro produtivo está a regressar a portugal e isso é o melhor sinal de que a recuperação está para durar. Otimas noticias e um sinal de confiança em Portugal e no Governo. É preciso continuar com os pés bem assentes no chão para as coisas continuarem a melhorar

Anónimo Há 1 semana

Porque não aliciamos uma marca de relógios a instalar-se em Portugal ou então porque não lançamos uma marca própria com ajuda do Estado?

ver mais comentários
pub