Turismo & Lazer Empresários do turismo esperam novos recordes em 2017

Empresários do turismo esperam novos recordes em 2017

O último Barómetro do Turismo do IPDT revela que 72% dos empresários inquiridos está confiante em resultados melhores neste ano. Só o investimento público deverá diminuir, acreditam.
Empresários do turismo esperam novos recordes em 2017
Wilson Ledo 12 de janeiro de 2017 às 11:40

O ano de 2017 deverá trazer novos recordes ao turismo português, prevê o último Barómetro do Turismo do Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT), a sua 52.ª edição.

Entre os inquiridos, 72% considera que o sector terá resultados melhores em 2017. São 4% os que prevêem em indicadores "muito melhores" do que no ano passado.

O índice de confiança dos empresários no desempenho do sector mantém-se acima dos 83 pontos, o que corresponde ao segundo registo mais elevado de sempre.

Há consenso na hora de considerar que a procura turística externa, a actividade do turismo, o investimento privado, o número de empregos criados, a rentabilidade das empresas e a carga fiscal deverão melhorar durante 2017.

O único registo negativo vai para o investimento público, que os empresários ouvidos pelo Barómetro do Turismo do IPDT acreditam que irá diminuir este ano.

A análise faz também um balanço das vertentes da promoção turística em 2016. Se os inquiridos acreditam que a promoção interna "correspondeu às expectativas", a vertente externa foi avaliada mais positivamente, tendo ficado "acima das expectativas".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub