Banca & Finanças Equipa de Paulo Macedo para a Caixa já está no BCE

Equipa de Paulo Macedo para a Caixa já está no BCE

A CGD já enviou os nomes que Paulo Macedo quer na sua equipa para o Banco de Portugal, confirmou o Negócios. Este é o primeiro passo para que o BCE possa autorizar a nova administração da Caixa. Nomes dos não executivos só seguem mais tarde.
Equipa de Paulo Macedo para a Caixa já está no BCE
Miguel Baltazar/Negócios

A lista de gestores que Paulo Macedo quer levar consigo para a Caixa Geral de Depósitos já foi entregue no Banco de Portugal. O envio, feito pela própria instituição, dá início ao processo de autorização da nova equipa de gestão junto do Banco Central Europeu, uma vez que os procedimentos a realizar em Lisboa já são feitos no quadro do Mecanismo Único de Supervisão, confirmou o Negócios.

 

Em causa está uma equipa de sete elementos, incluindo o próprio Paulo Macedo. O supervisor europeu tem de avaliar a idoneidade e adequação individual e colectiva de todos os gestores, apesar de a lista integrar um dos membros executivos do conselho liderado por António Domingues. A escolha recaiu sobre João Tudela Martins, responsável pelo pelouro do risco, área em que a avaliação do BCE é particularmente exigente.

 

Além de Macedo e Tudela Martins, a equipa do futuro presidente da CGD inclui José João Guilherme, antigo administrador do BCP e do Novo Banco; Maria João Carioca, que esteve na gestão da Caixa liderada por José de Matos; Francisco Cary, ainda administrador do Novo Banco; Nuno Martins, que esteve no Barclays e no Citigroup e que é adjunto do secretário de Estado do Tesouro e Finanças; e José Brito, director central do banco do Estado.

 

Antes de a CGD ter enviado a lista de gestores executivos para o Banco de Portugal, os nomes foram avaliados pela comissão de nomeação, avaliação e remuneração da instituição, órgão que é presidido por Pedro Norton, integrando ainda Rui Vilar e Luís Baptista Branco.

 

Para já, a Caixa terá entregue apenas os nomes dos candidatos a administradores executivos, deixando para um momento posterior o pedido de avaliação da equipa de não executivos que, segundo apurou o Negócios, ainda está a ser constituída.

(notícia actualizada às 19:08)

A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga 20.12.2016

Mais uma "DREAM TEAM" principescamente paga pelo pobretana tuga....

Anónimo 20.12.2016

Entao o tal do Pedro Durao Leitao da PT? O Durao Barroso deve estar fulo. Mas que fique calmo. Baimsair xom indemnizacao e sem declarar rendimentos! Melhor nao seria possivel!

Manuel Pina 19.12.2016

Será que fui contemplado ?

pub
pub
pub
pub