Media ERC continua amanhã reunião para analisar compra da TVI pela Altice  

ERC continua amanhã reunião para analisar compra da TVI pela Altice  

A data indicativa para a ERC dar parecer sobre a operação é 10 de Outubro, sendo que a posição do regulador dos media é vinculativa.
ERC continua amanhã reunião para analisar compra da TVI pela Altice  
Miguel Baltazar
Lusa 09 de outubro de 2017 às 15:16

O Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) volta a reunir-se na terça-feira para apreciar a proposta de compra da Media Capital pela Altice, disse hoje fonte oficial à Lusa.

 

"Estava já agendada para o dia de hoje uma reunião do Conselho Regulador para apreciação" da proposta de compra da dona da TVI pela proprietária da PT Portugal/Meo.

 

"Essa reunião realizou-se efectivamente e terminou antes da hora de almoço", prosseguiu fonte oficial, acrescentando que "o Conselho Regulador considerou adequado remarcar nova reunião para o dia de amanhã [terça-feira], para continuar a discutir o tema".

  

O comentador de televisão Luís Marques Mendes deixou no ar este domingo, 8 de Outubro, a possibilidade de a compra da Media Capital (TVI) pela Altice (Meo) vir a fracassar, já que os serviços técnicos da Entidade Reguladora da Comunicação (ERC) terão dado um parecer negativo à operação.


O ex-líder social-democrata relembrou no seu comentário semanal no Jornal da Noite da SIC que, depois do parecer desfavorável da Anacom, a 19 de Setembro, fica agora nas mãos da ERC o futuro da aquisição. Esta entidade tem, ao contrário do regulador das comunicações, parecer vinculativo no processo.

 

A Altice anunciou em 14 de Julho, dois anos depois de ter comprado a PT Portugal (Meo), que tinha chegado a acordo com a espanhola Prisa para a compra da Media Capital, dona da TVI, entre outros meios, numa operação avaliada em 440 milhões de euros.

 

Em 19 de Setembro, a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) divulgou o seu parecer sobre a operação de concentração, considerando que a compra da Media Capital pela Altice não deverá ter lugar "nos termos em que foi proposta, pois "é susceptível de criar entraves significativos à concorrência efectiva" em vários mercados.

 

O parecer da Anacom não é vinculativo.

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 09.10.2017

Impresa upa upa

pub