Energia ERSE: Endesa com preços mais baixos no mercado de electricidade

ERSE: Endesa com preços mais baixos no mercado de electricidade

A análise do regulador aos preços diz respeito ao quarto trimestre de 2017. No mercado de gás natural, a ERSE concluiu que a Endesa e a Goldenergy têm as ofertas mais competitivas do mercado.
ERSE: Endesa com preços mais baixos no mercado de electricidade
Bloomberg
André Cabrita-Mendes 01 de fevereiro de 2018 às 14:23
A Endesa registou os preços mais baixos no mercado de electricidade no quarto trimestre de 2017. A conclusão é da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) segundo o boletim divulgado esta quinta-feira, 1 de Fevereiro.

A ERSE destaca que os "preços e comparações apresentados resultam da componente da factura anual relativa ao fornecimento de electricidade, sem impostos e taxas, sendo a análise efectuada em preços reais".

A análise também deixou de fora as ofertas que incluem "serviços adicionais, como por exemplo, serviços de assistência técnica, descontos em outros bens e serviços e ofertas de diagnósticos energéticos".

O regulador de energia analisou os diferentes tipos de oferta com três tipos de consumidores. Nas tarifas duais, a ERSE analisou somente os preços de electricidade, deixando de fora a componente de preço do gás natural.

Para um casal, a oferta comercial mono, ou exclusiva, de electricidade mais em conta é a da Endesa, com um valor de 329 euros por ano. Para o mesmo consumidor, a oferta dual da Endesa também é a mais competitiva, com um valor de 329 euros por ano.

Olhando para os tarifários disponíveis para um casal com dois filhos, a oferta comercial mono, mas também a dual, de electricidade mais competitiva é a da Endesa com um valor de 822 euros por ano.

Já para um casal com quatro filhos, a oferta comercial mono mais competitiva de electricidade é a da Endesa com um valor de 1.765 euros por ano. Também a oferta dual mais competitiva é a da Endesa, pelo mesmo valor de 1.765 euros por ano.

Endesa e Goldenergy com ofertas mais económicas no gás natural

A ERSE também divulgou esta quinta-feira, 1 de Fevereiro, o seu boletim das ofertas comerciais disponíveis no mercado de gás natural, relativo ao quatro trimestre de 2017.

O regulador avisa que "os preços e comparações apresentados resultam da componente da factura anual relativa ao fornecimento de gás natural, sem impostos e taxas, sendo a análise efectuada em preços reais. Na análise das ofertas duais, a ERSE apenas analisou os preços de gás natural, deixando de fora a componente de preço da electricidade.

Tal como na electricidade, a análise também deixou de fora as ofertas que incluem "serviços adicionais, como por exemplo, serviços de assistência técnica, descontos em outros bens e serviços e ofertas de diagnósticos energéticos".

Para um casal, a oferta comercial mono, ou exclusiva, de gás natural mais competitiva é a da Endesa, com um valor de 106 euros por ano. Nas ofertas duais, a oferta mais competitiva é a da Goldenergy com um valor de 97 euros por ano.

Para um casal com dois filhos, a oferta mono mais competitiva é a da Endesa, com um valor anual de 202 euros por ano. Nas ofertas duais, a Goldenergy oferece os preços mais competitivos, por um valor de 200 euros por ano.

Para um casal com quatro filhos, a oferta mais em conta é da Endesa com um valor de 391 euros por ano. Analisando as ofertas duais, o preço mais competitivo também é o da Endesa, pelo valor de 391 euros por ano.



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Alfon 01.02.2018

Mr Tuga, não é verdade.

comentários mais recentes
p_amorim 01.02.2018

Não entendo estas contas. Vendo os valores dos tarifários publicados, a Ylce tem valores inferiores no termo de potência e no termo de energia, comparando com a Endesa.

Anónimo 01.02.2018

CUIDADADO COM A GOLD ENERGIA . ESSA GENTE NÃO É SERIA. AINDA ME DEVEM UMAS CENTENAS DE EUROS
CORRESPONDENTES A MAIS DE 1700 kW QUE ME COBRARAM A MAIS E NUNCA MAIS ME REEMBOLSARAM. jÁ RECLAMEI PARA A DECO E PARA A ERSE E NADA.

Luzinha 01.02.2018

Mas que raio de contas é que a ERSE faz? Só depende dos KW's gastos e do preço por KW. Como que podem comparar famílias que moram na cidade com um nível de conforto e outra no interior, ou vice versa? Haja alguém que ponha estes "meninos" a serem mais reais, não enganem o povo.

Alfon 01.02.2018

Mr Tuga, não é verdade.

ver mais comentários
pub