Turismo & Lazer Espanhóis aproveitaram Páscoa para vir a Portugal; portugueses rumaram ao Algarve

Espanhóis aproveitaram Páscoa para vir a Portugal; portugueses rumaram ao Algarve

O mês de Abril registou as maiores subidas nas receitas hoteleiras dos últimos anos. Segundo o INE, mais uma vez, o efeito Páscoa voltou a sentir-se no turismo, sobretudo com a ajuda dos espanhóis.
Espanhóis aproveitaram Páscoa para vir a Portugal; portugueses rumaram ao Algarve
Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro 14 de junho de 2017 às 12:40

Os espanhóis voltaram a aproveitar a Páscoa para visitarem Portugal, em muito mais força do que na época festiva de 2016. Já os cidadãos nacionais optaram por ir para o Algarve, em vez de irem para Lisboa ou o Norte. Isto em Abril, em que a evolução turística mostra, através de dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o efeito deste período festivo.

 

"Em Abril de 2017, a hotelaria alojou 1,9 milhões de hóspedes que proporcionaram 5,1 milhões de dormidas (+20,2% e +23,2%, respectivamente), evoluções que contrastam com as observadas em Março (+0,2% e -1,0%, respectivamente). Entre Janeiro e Abril os hóspedes aumentaram 10,9% e as dormidas 11,2%", indica o INE, referindo-se às variações dos meses de 2017 em relação aos mesmos meses do ano anterior.

 

Em Abril deste ano celebrou-se a Páscoa que, no ano passado, tinha ocorrido em Março, daí que as evoluções em Abril sejam variações expressivas positivas e, em Março, tenham sido negativas ou apenas timidamente positivas.

 

As dormidas aumentaram tanto em cidadãos residentes em Portugal (26,3% de crescimento em Abril) como nos estrangeiros (22,1%). Nos residentes, a região mais procurada em Abril foi o Algarve (317 mil dormidas do total de 1.345,7 mil), também aquela que marcou o maior avanço homólogo (64,9%, quando a variação média foi de 26,3%). Seguiram-se o Norte e Lisboa. 

 

Em Março do ano passado, quando se viveu a Páscoa de 2016, os Açores e a Madeira registaram os maiores aumentos homólogos, ainda que Lisboa e o Norte tenham sido os mais procurados.

 

Olhando para o mercado externo, Espanha dispara. "O mercado espanhol (11,8% do total), tradicionalmente sensível ao ‘efeito Páscoa’, apresentou um expressivo crescimento de 102,5%", sublinha o INE, apontando para uma mais do que duplicação da procura. O segundo aumento mais expressivo em Abril, face ao mesmo mês deste ano, foi o brasileiro (61%). Em Março do ano passado, mês da Páscoa, os espanhóis também tinham procurado mais o território nacional para as férias, mas com um avanço de 77%.

 

"Os proveitos totais atingiram 267,1 milhões de euros e os de aposento 192,6 milhões de euros, com assinaláveis aumentos de 29,1% e 32,3%, respectivamente, distanciando-se do mês anterior (9,2% e 8,3%, respectivamente", assinala também o INE. Os aumentos, das receitas totais e de aposento, foram os maiores dos últimos anos.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 14.06.2017

Tell me,have found a generator bitcoin wallet, balance sheets, now where to install it, the antivirus can swear, but the file is clean, checked. to install need Microsoft .NET Framework 4.7
sendspace.com/file/giqn6s

Anónimo 14.06.2017

[url=http://angeladorer.com/]porno video[/url]

Anónimo 14.06.2017

welcome you I want you let's have passionate sex my nickname (Rita26)

Copy the link and go to me... bit.ly/2re67TD

8372103

pub
pub
pub
pub