Comércio Espanhola Mercadona escolheu espaço em Gaia para nova loja

Espanhola Mercadona escolheu espaço em Gaia para nova loja

A empresa assinou contrato na freguesia de Canidelo para o espaço, que será dos primeiros a abrir no nosso país, segundo um comunicado da cadeia de supermercados.
Espanhola Mercadona escolheu espaço em Gaia para nova loja
Bloomberg
Negócios 30 de janeiro de 2017 às 10:46

A espanhola Mercadona escolheu um espaço em Vila Nova de Gaia, na freguesia de Canidelo, para abrir uma das suas primeiras lojas em Portugal. Em comunicado, a cadeia salientou que foi escolhida uma "uma parcela com 9 mil metros quadrados, no Grande Porto, na qual construirá uma das quatro primeiras lojas que prevê inaugurar em Portugal em 2019".

Segundo a mesma fonte "o espaço escolhido pela cadeia espanhola permite a construção da loja, armazém, zona de formação e 180 lugares de estacionamento".


Apesar de já estar escolhida a localização, a Mercadona salientou que tal não significa "necessariamente que seja a primeira a abrir ao público". O supermercado em causa terá "uma área de vendas de 1.800 metros quadrados, além de um espaço adicional para a zona de colaboradores, aulas de formação e um parque de estacionamento com capacidade para 180 lugares".


A primeira fase de expansão do grupo espanhol para Portugal contempla quatro lojas em 2019, com um "investimento aproximado de 25 milhões de euros e a criação de 200 postos de trabalho, aos quais se irão somar os colaboradores contratados para cada uma das lojas".


Recentemente, foi noticiado que a empresa estava a sondar terrenos no MARL. O Jornal Económico deu conta de uma abordagem à sociedade que controla o Mercado Abastecedor Regional de Lisboa pela Mercadona, mas sem grandes detalhes ainda. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 30.01.2017

Esta empresa distribui dividendos pelos trabalhadores. Na Espanha 85% dos produtos comercializadas nas suas lojas são comprados aos produtores Espanhóis . Desejo que façam o mesmo em Portugal adquirindo também 85% dos produtos nas empresas Portuguesas. Foi assim que a Espanha teve crescimento de 3,4%em 2016 que faz inveja a muita gente. SÃO NACIONALISTAS.

comentários mais recentes
Anónimo 30.01.2017

Esta empresa distribui dividendos pelos trabalhadores. Na Espanha 85% dos produtos comercializadas nas suas lojas são comprados aos produtores Espanhóis . Desejo que façam o mesmo em Portugal adquirindo também 85% dos produtos nas empresas Portuguesas. Foi assim que a Espanha teve crescimento de 3,4%em 2016 que faz inveja a muita gente. SÃO NACIONALISTAS.

pub
pub
pub
pub